Você está na cidade de:

Inf Peças

12 resultados
Ordenar por Preço Data

HANNAH ARENDT – UMA AULA MAGNA

Na peça, como em uma sala de aula, o público assiste Hannah Arendt voltar ao nosso tempo, convidada a falar sobre temas relevantes e necessários como a ética, a escola, a massa silenciosa, a noção de civilidade e cidadania, e as atrocidades de Adolf Eichmann (1906-1962), conhecido como 'arquiteto do Holocausto', que comandava o transporte ferroviário para o extermínio. A atmosfera é de uma aula magna sobre educação e a importância do pensamento para o mundo contemporâneo. A peça é de autoria de Eduardo Wotzik, artista com mais de 40 anos dedicados à investigação do teatro, que está em cena, e também assina a direção. Ao receber esse espetáculo, O Centro Cultural Banco do Brasil promove reflexões sobre temas relevantes para a sociedade, reafirma o apoio ao teatro nacional e seu compromisso com a promoção da arte e ampliação da conexão dos brasileiros com a cultura.

de 05/04/2024 à 12/05/2024 80 min à partir de R$ 15 Encerrada
  • Quinta19h
  • Sexta19h
  • Sábado17h
  • Domingo17h
CCBB SP- Centro Cultural Banco do Brasil São Paulo Classificação: 14

CHEGO ATÉ A JANELA E NÃO VEJO O MUNDO

Graciliano Ramos e Nise da Silveira são presos durante a ditadura Vargas. Nesta situação de restrição absoluta, acabam se conhecendo e nasce uma amizade que se estende até o final da vida entre o escritor, um dos mais importantes do país, autor de Vidas Secas e São Bernardo, e a psiquiatra que revolucionou o tratamento psiquiátrico no Brasil com a inserção da arte na vida dos internos em manicômios. São duas personalidades muito diferentes que têm em comum o afeto, a compreensão de suas condições e o tamanho do mundo.

de 28/03/2024 à 14/04/2024 70 min Gratuito Encerrada
  • Quinta20h
  • Sexta20h
  • Sábado20h
  • Domingo19h
Itaú Cultural Classificação: 16

BRÁS CUBAS

A peça da Armazém desmembra o personagem Brás Cubas em dois. Sérgio Machado interpreta Brás Cubas desde seu nascimento até sua morte (não necessariamente nessa ordem) e Jopa Moraes assume Brás Cubas já como o defunto que narra suas memórias póstumas. “Esse defunto está pouco vinculado ao século 19, quer e precisa se comunicar com as pessoas de agora”, comenta o diretor. A dramaturgia tem uma estrutura em três planos: o plano da memória – que são as cenas vividas por Brás; o plano da narrativa – onde entram as divagações e reflexões do defunto; e um terceiro plano em que o próprio Machado de Assis (vivido por Bruno Lourenço) invade sua narrativa com comentários que visam conectar contemporaneamente suas críticas à sociedade brasileira.

de 22/03/2024 à 05/05/2024 110 min à partir de R$ 18 Encerrada
  • Sexta21h
  • Sábado20h
  • Domingo18h
Sesc Santo Amaro Classificação: 14

INQUIETO CORAÇÃO – 15 ANOS

A peça promove um encontro inédito entre os escritos de Agostinho, este primeiro homem “moderno”, e o homem atual. “Santo Agostinho está mais próximo de nós do que imaginamos: no nosso modo de pensar a relação entre razão e fé, ação e contemplação, amor e sexo”, afirma o diretor Henrique Tavares.

de 07/11/2023 à 13/12/2023 55 min à partir de R$ 30 Encerrada ter 20h, qua 20h Teatro Poeira Classificação: 12

BABILÔNIA TROPICAL – A NOSTALGIA DO AÇÚCAR

Um bilhete escrito por uma mulher em Pernambuco no início do século XVII está guardado até hoje no Arquivo Nacional dos Países Baixos. Nele, Anna Paes, uma dona de engenho descendente de portugueses, presenteia Maurício de Nassau com seis caixas de açúcar branco, assim que ele chega para governar o que era na época o Brasil holandês, em 1637. A vida dessa mulher se torna objeto de investigação de um grupo de artistas de teatro. Mas, conforme os intérpretes investigam o contexto em que esse bilhete foi escrito, emergem questões de classe, gênero e raça, revelando que o passado talvez não esteja tão remoto assim.

de 06/10/2023 à 19/11/2023 80 min à partir de R$ 15 Encerrada qui 19h, sex 19h, sáb 17h, dom/fer (12/10 e 02/11) 17h CCBB SP- Centro Cultural Banco do Brasil São Paulo Classificação: 14

O QUE NOS MANTÉM VIVOS?

A peça é uma espécie de continuação de O QUE MANTÉM UM HOMEM VIVO?, clássico dos palcos brasileiros criado em 1973 por Renato Borghi e Ester Góes como obra de resistência à ditadura militar.  A peça se estrutura em quatro unidades temáticas: "Todo dia morre gente", “Deus acima de todos”, “Pátria armada” e “Luta amada”, com o intuito de se lançar criticamente sobre a ameaça fascista que tem assombrado o Brasil nos últimos anos.

de 29/09/2023 à 29/10/2023 200 min à partir de R$ 40 Encerrada sex 20h, sáb 20h, dom 19h Teatro Oficina Uzyna Uzona Classificação: 16

PORMENOR DE AUSÊNCIA

O monólogo entrelaça textos ficcionais e trechos de cartas e documentos, reconstituindo seus últimos anos de vida. O texto traz uma visão singular sobre o autor. A proposta é divulgar e tornar mais acessível este escritor que reúne de forma magistral a cultura popular e erudita. João Guimarães Rosa será o narrador de sua própria história em um monólogo protagonizado pelo ator Giuseppe Oristanio. Um texto sobre as entranhas e questionamentos de um criador ímpar. Uma encenação minimalista, onde o foco é a palavra, o texto, e o ator.

de 08/09/2023 à 01/10/2023 à partir de R$ 20 Encerrada sex 19h, sáb 19h, dom 18h Teatro Dulcina Classificação: L

O SISMO

Antes de chegar à cidade de Corinto, Jasão já tinha atravessado mares, vencido dragões e derrotado exércitos inteiros. Não sem a ajuda de Medeia, a mulher que ele acaba de abandonar com seus dois filhos para se casar com a princesa de Corinto. Enquanto Jasão se alegra com a ascensão ao poder, Medeia planeja uma resposta para o ultraje que sofreu.

de 04/09/2023 à 13/09/2023 120 min à partir de R$ 10 Encerrada seg 20h, ter 20h, qua 20h Teatro Itália Bandeirantes Classificação: 14

O OVO DE OURO

Contada em diferentes momentos, a trama revela a vida de Dasco Nagy, que foi Sonderkommando e sobreviveu ao campo de concentração de Auschwitz-Birkenau, interpretado agora por Duda Mamberti. Em cena, dois planos são apresentados – a realidade e a alucinação – para retratar a relação do protagonista Dasco Nagy quando jovem (Luccas Papp) com seu melhor amigo Sándor (Leonardo Miggiorin), com a prisioneira Judit (Rita Batata) e com o comandante alemão Weber (Ando Camargo). No presente, Dasco é entrevistado, já em idade avançada, por uma jornalista, narrando os acontecimentos mais horrorosos que viveu no campo de concentração e descrevendo a partir do seu ponto de vista os horrores e tristezas da Segunda Guerra Mundial.

de 02/09/2023 à 10/09/2023 95 min à partir de R$ 40 Encerrada sáb 21h, dom 19h Teatro Itália Bandeirantes Classificação: 12

O SAMBA DA PAULICEIA E SUA GENTE

Os moradores da Vila Primavera, uma comunidade fictícia do samba paulistano, estão prestes a serem despejados para darem lugar ao “progresso da cidade”. Durante os momentos finais, eles resolvem fazer uma despedida regada a muito samba. Para isso, buscam Madrinha, a líder comunitária e mais antiga moradora da Vila Primavera, e, a partir das memórias dela, fazem um percurso pela história do samba de São Paulo e das transformações urbanas na cidade, reflexo de diversos despejos impostos ao povo.

de 09/05/2024 à 19/05/2024 80 min Gratuito Últimos Dias
  • Quinta20h
  • Sexta20h
  • Sábado20h
  • Domingo19h
  • Quinta20h
  • Sexta20h
  • Sábado20h
  • Domingo19h
Itaú Cultural Classificação: 12

O REI LEÃO

O espetáculo conta a história poderosa de Simba em sua jornada de um pequeno filhote ansioso para se tornar rei até o encontro com seu majestoso destino nas Terras do Reino.

de 20/07/2023 à 01/10/2023 180 min à partir de R$ 80 Encerrada qua 20h, qui 20h, sex 20h, sáb 15h e 20h, dom 15h e 20h Teatro Renault Classificação: L

DIADORIM

Espetáculo livremente inspirado em Diadorim, personagem emblemática de Grande Sertão: Veredas, que pretende dar vazão a questões contemporâneas de sua existência ficcional refletindo sobre as possibilidade da mulher.

de 30/06/2023 à 16/07/2023 50 min Gratuito Encerrada sex 20h, sáb 18h e 20h, dom 19h Centro Cultural São Paulo (CCSP) Classificação: 12

PÉRSIA

A dramaturgia conta as histórias de iranianos que precisaram deixar seu país, por diferentes motivos, e encontraram no Brasil um novo lar: são personagens que, como aves migratórias, atravessam continentes em busca de novas paisagens, confessam seus medos, seus sonhos, suas aflições, em palavras ditas e cantadas. Ao longo do espetáculo, os atores e as atrizes preenchem o deserto de suas memórias com pequenas casas, que lembram casas de passarinhos, e criam pequenos mundos: podem ser um bairro, uma cidade ou um país. É o único objeto em cena e evoca as tantas moradas que deixaram para trás e ainda carregam consigo.

de 01/07/2023 à 30/07/2023 60 min Gratuito Encerrada sex 20h30, sáb 18h e 20h30, dom 18h e 20h30 Espaço Sobrevento Classificação: 14

CRIME E CASTIGO 11:45

Crime e Castigo 11:45 surge do encontro da atriz Liliane Rovaris com o clássico absoluto do autor russo Fiódor Dostoiévksi (1821-1881). Apesar de já conhecer a obra, a atriz embarcou na releitura, durante o período de luto pela perda de seus pais, motivada intuitivamente por um sentimento de solidão e uma possibilidade de recomeço, ações que encontram eco na trajetória de Raskólnikov, o protagonista do romance. Assim, tendo como princípio aproximar o livro do público de forma descomplicada, acolhedora e inclusive, bem humorada, à medida em que Liliane conta a história criada pelo genial autor russo, traça paralelos com histórias sobre seus pais, tornando a ideia do luto um tipo de celebração da vida.

de 09/06/2023 à 09/07/2023 70 min à partir de R$ 10 Encerrada qui 21h30, sex 21h30, sáb 19h30, dom/fer 18h30 Sesc Ipiranga Classificação: 16

TRINTA ANOS ESTA NOITE OU O ESPELHO NEGATIVO

Acompanhada de um músico/ator, Dulce Muniz interpreta um texto que faz a relação entre momentos significativos de sua vida e a história mais recente do Brasil. Um solo teatral que aborda como tema a dor feminina, suas manifestações e simbolismos. Junto disso, a relação da atriz com a Síndrome de Fibromialgia se mostra presente e conduz o espetáculo por outras dores e experiências, como a tortura, desaparecimento de presos políticos e a vida de mulheres, negros e indígenas.

de 02/06/2023 à 06/08/2023 60 min Gratuito Encerrada sex 20h30, sáb 18h, dom 18h Teatro Studio Heleny Guariba Classificação: 12

Inf Busca Peças

Data
Preço

Este website armazena cookies no seu computador. Esses cookies são usados para melhorar sua experiência no site e fornecer serviços personalizados para você, tanto no website, quanto em outras mídias. Para saber mais sobre os cookies que usamos, consulte nossa Política de Privacidade

Não rastrearemos suas informações quando você visitar nosso site, porém, para cumprir suas preferências, precisaremos usar apenas um pequeno cookie, para que você não seja solicitado a tomar essa decisão novamente.