Você está na cidade de:

Inf Peças

NÃO PEÇA

NÃO PEÇA’ é um espetáculo solo da atriz e autora Lucília de Assis indicada ao 32º Prêmio Shell pela dramaturgia. A peça conta a história de Jandira, funcionária que mora nos fundos do teatro onde também desempenha os papéis de faxineira, bilheteira e baleira. Ao tomar conhecimento que o elenco do espetáculo em cartaz se encontra preso em um engarrafamento de grandes proporções, Jandira recebe mais uma atribuição: segurar o público até a chegada dos atores. É assim que a funcionária, testemunha de inúmeras peças, mas habituada a subir no palco apenas para passar uma vassoura, passa a ocupar o lugar de linha de frente do espaço cênico e a contar suas histórias. Nem toda vida daria um filme, mas aqui a vida da funcionária Jandira, com certeza, acaba dando em uma peça. Ou melhor, em uma NÃO PEÇA.

de 16/06/2024 à 16/06/2024 60 min à partir de R$ 20 Em breve
  • Domingo15h e 18h
Arena B3 Classificação: 12

O CORPO É UM SÓ

Seres esgotados e sedentos de transformações dançam e evocam suas memórias e devires, buscando a fuga da exaustão contemporânea em direção a sítios de cura, de compartilhamento e de geração de afetos reais. A pele, o terno: o corpo é um só.

de 17/06/2024 à 29/06/2024 60 min Gratuito Em breve
  • Segunda20h
  • Terça14h
  • Quarta20h
  • Quinta14h
  • Sábado14h
Cia. Paideia de Teatro Classificação: L

O MARINHEIRO

Sem a exata noção das horas no arrastar da noite negra, três figuras velam uma morta, seus corpos quase imóveis neste ambiente funesto. No entanto, suas mentes, libertas das amarras do real, vagam por um reino onírico conduzidas pelo fluxo dos diálogos. Da palavra surgem as angústias que as atormentam; conflitos que nascem e se instalam nas mentes e pensamentos das três. Durante a vigília, a segunda irmã narra um sonho sobre um marinheiro perdido em uma ilha deserta, que cria uma vida ilusória para si mesmo, imaginando um mundo inteiro para escapar da solidão e do desespero. Essa metáfora da condição humana reflete sobre o isolamento, a necessidade de criar significados e a fragilidade das percepções. À medida que a noite avança, as reflexões sobre a efemeridade da vida, a natureza dos sonhos e a busca por sentido dominam a conversa.

de 18/06/2024 à 18/07/2024 50 min à partir de R$ 25 Em breve
  • Quarta21h
  • Quinta21h
Atelier Cênico Classificação: 12

HILDA E CAIO

Peça ficcional baseada em episódios e personagens reais. No início da década de 70, perseguido pela ditadura civil-militar em virtude de sua literatura homoerótica, Caio Fernando Abreu exila-se na Casa do Sol, residência campestre de Hilda Hilst em Campinas, antes de fugir para a Europa. Diante dos acontecimentos recentes, ele decide parar de escrever e acaba confrontado pela amiga, que, mesmo desencantada pela falta de leitores e pela crise editorial, acredita que os dois têm a missão de continuar produzindo literatura.

de 19/06/2024 à 19/06/2024 65 min Gratuito Em breve
  • Quarta21h
  • Quarta21h
Teatro Alfredo Mesquita Classificação: 12

A MENINA ESCORRENDO DOS OLHOS DA MÃE

Antonia (Silvia Buarque), aos 50 anos, está num quarto de hotel com sua mãe, Elisa (Guida Vianna), a quem pouco viu ao longo dos anos. Elas tentam resgatar uma relação prejudicada pela dificuldade de Elisa em lidar com o fato de Antônia ser lésbica. Querem desmontar a “parede de gelo” que as separou por 30 anos. Neste reencontro, Antônia acaba revelando um segredo que a atormentou ao longo destas três décadas: ela teve uma filha que foi entregue para adoção.Há uma passagem de tempo, e vemos Antonia (agora Guida Vianna) aos 70 anos. Ela vai conhecer Helena (Silvia Buarque), a criança que entregou para adoção há 50 anos atrás. A iniciativa partiu da filha, em busca da própria origem. O encontro acontece num jantar no restaurante de Helena, quando terão a oportunidade de conversar sobre suas trajetórias e os laços que as unem.Há uma passagem de tempo, e vemos Antonia (agora Guida Vianna) aos 70 anos. Ela vai conhecer Helena (Silvia Buarque), a criança que entregou para adoção há 50 anos atrás. A iniciativa partiu da filha, em busca da própria origem. O encontro acontece num jantar no restaurante de Helena, quando terão a oportunidade de conversar sobre suas trajetórias e os laços que as unem.

de 20/06/2024 à 27/07/2024 70 min à partir de R$ 12 Em breve
  • Quinta20h
  • Sexta20h
  • Sábado20h
  • Quinta20h
  • Sexta20h
  • Sábado20h
Auditório Sesc Pinheiros Classificação: 14

TERRAPRETA A PEÇA (SONHO)

TERRAPRETA A PEÇA (Sonho) é um espetáculo de teatro inédito, inspirado em histórias originárias do Alto Xingu, e no livro Terrapreta, de Rita Carelli, obra vencedora do Prêmio São Paulo de Literatura 2022, que segundo Ailton Krenak “se revela um romance de formação para leitores que vislumbram outras cartografias do país, um livro para quem ainda não sabe o que é o Brasil”. Indígenas do Alto Xingu das etnias Kamayura e Yawalapiti, e artistas da cena teatral de São Paulo se unem na criação de um espetáculo único.

de 20/06/2024 à 30/06/2024 75 min à partir de R$ 15 Em breve
  • Quarta20h30
  • Quinta20h30
  • Sexta20h30
  • Sábado20h30
  • Domingo19h
Espaço Parlapatões Classificação: 10

VOZES DA FLORESTA

Lucélia Santos, com o espetáculo: Vozes da Floresta Chico Mendes Vive, encena memória da luta de Chico Mendes, sob a companhia e o olhar histórico de Valdiza Alencar e Cecília Mendes. Três mulheres da resistência que dão o tom da peça. Elas intercalam seus sentimentos e paixões em narrativas que são à voz do próprio Chico Mendes. Ele é o fio condutor no relato da história coletiva do movimento de resistência dos seringueiros acreanos, sendo em essência, a sua própria história também. No espetáculo, trechos inéditos de sua longa entrevista gravada há 34 anos, são usados para retratar o ápice do conflito entre seringueiros e ruralistas. A sua persistência em resistir contra a derrubada da floresta onde vivia e trabalhava, serviu e serve até hoje como exemplo para as gerações presentes e futuras.

de 20/06/2024 à 21/06/2024 70 min à partir de R$ 30 Em breve
  • Quinta21h
  • Sexta21h
Teatro Oficina Uzyna Uzona Classificação: 14

FERNANDA MONTENEGRO LÊ SIMONE DE BEAUVOIR

A leitura celebra os 80 anos de carreira de Fernanda Montenegro e aborda a visão libertária de Beauvoir (1908-1986) sobre o feminismo, além de sua ligação de vida com o filósofo Jean-Paul Sartre (1905- 1980). Sem personificar Simone, Fernanda se cerca de seus óculos, uma mesa, uma cadeira, da trilha sonora e da iluminação para emprestar sua experiência íntima com a obra, dividindo com a plateia o impacto que a liberdade evocada por Beauvoir teve nessa geração de mulheres. O tempo de preparação e refino para a criação de um ambiente sem interferências demasiadas privilegia a proximidade com o público, que testemunhará a prática da liberdade defendida pela escritora, na voz da atriz. O encontro de Fernanda Montenegro com a compilação do pensamento de Simone de Beauvoir extraída da obra “A Cerimônia do Adeus“, é uma aproximação com essa escritora, pensadora e ensaísta, que revolucionou a visão do feminino.

de 20/06/2024 à 21/07/2024 75 min à partir de R$ 18 Em breve
  • Quinta20h
  • Sexta20h
  • Sábado20h
  • Domingo18h
Teatro Raul Cortez - Sesc 14 Bis Classificação: 12

D’ÁGUA: UM COMEÇO SEM MEIO SEM FIM

O bailarino e coreógrafo Rodrigo Alcântara cria uma discussão sobre as vulnerabilidades e contradições presentes na humanidade em “D'ÁGUA: um começo sem meio sem fim”. O espetáculo reverbera do ritualístico ao oco, do visível ao invisível. Portais existentes ou inexistentes para a humanidade em suas vulnerabilidades. Portais que jamais serão descobertos, assim como as profundezas dos mares meus, seus e nossos. “D'ÁGUA” traz maneiras de girar e perceber o Universo em que coexistimos, Universo esse que carregamos ou somos doutrinados a carregar, experimentando minuciosamente cada um dos seus portais.

de 21/06/2024 à 22/06/2024 Gratuito Em breve
  • Sexta19h
  • Sábado19h
  • Sexta19h
  • Sábado19h
Centro de Referência da Dança da Cidade de São Paulo - CRDSP Classificação: L

ENGOLINDO MÁGOAS EM DOSES HOMEOPÁTICAS

A peça, “Engolindo Mágoas em Doses Homeopáticas”, conta a história de três mulheres que vivem em décadas distintas – 1949, 1989 e 2019. Diante de um tribunal, as personagens vão vivendo suas histórias ao mesmo tempo que respondem a um julgamento, traçando questionamentos e reflexões acerca da posição da mulher na sociedade. O espetáculo retrata as opressões, os abusos e as violências que as mulheres sofrem no seu dia-a-dia através de uma linha temporal.

de 21/06/2024 à 23/06/2024 60 min Gratuito Em breve
  • Sexta21h
  • Sábado21h
  • Domingo18h
Espaço dos Satyros Classificação: 14

GUERRA DE PAPEL

Contornado pelo mito de Antígona, a peça trata da tragédia que ocorre todos os dias nas periferias do Brasil, das balas encontradas em corpos e corpos perdidos. Guerra de Papel é a luta para se ter uma identidade. “Se nascemos, se temos nossas certidões, por que querem nos tirar e entregar uma certidão de óbito? Apagar nossos nomes, nossas histórias, é uma guerra para nos mantermos vivos.”

de 21/06/2024 à 23/06/2024 65 min à partir de R$ 10 Em breve
  • Sexta21h
  • Sábado21h
  • Domingo19h
Teatro Arthur Azevedo Classificação: 12

UM GRANDE ENCONTRO – O MUSICAL

Ambientada no início dos anos 70, Um Grande Encontro celebra o amor, fruto dos encontros, por meio da trajetória do romance que entrelaça a vida de Tom Silva, jovem músico sonhador, e Diana Abrantes, a Margarida, uma mulher de espírito livre mas que precisa enfrentar as barreiras criadas pela obsessão de Tião Cavalcanti. Tom cresceu pelas ladeiras de Olinda; filho de músico, herdou o talento do recém-falecido pai. Para amenizar a tristeza de sua perda, Tom é levado por seu melhor amigo, Lito, para a badalada praia de Boa Viagem, onde acontece o primeiro e inusitado encontro com Diana, também conhecida como Margarida. É paixão à primeira vista.

de 21/06/2024 à 01/09/2024 à partir de R$ 80 Em breve
  • Sexta21h
  • Sábado15h30 e 19h
  • Domingo15h30 e 19h
São Paulo Escola de Dança Classificação: L

AMOR MUNDI

“O que proponho, portanto, é muito simples: trata-se apenas de pensar o que estamos fazendo”, questiona Hannah Arendt. Se, hoje, fôssemos responder a Hannah Arendt, autora dessa frase, diríamos que não, não nos parece nada simples! Pensar sobre “o que estamos fazendo” continua sendo uma pulsão para existir. Arendt, na metade do século XX, nos dizia para não duvidarmos da nossa capacidade de destruir toda vida orgânica na Terra. O homem chegava à lua e essa descoberta não era somente sobre a capacidade humana de realizar tal feito, mas também sobre a possibilidade de não permanecermos mais neste nosso planeta. Amor Mundi questiona a nossa relação de cuidado e responsabilidade com o mundo.

de 21/06/2024 à 30/06/2024 50 min Gratuito Em breve
  • Sexta20h
  • Sábado20h
  • Domingo19h
Kasulo Espaço de Arte Classificação: 12

SUBTERRÂNEA: UMA FÁBULA GROTESCA

Em Subterrânea: uma fábula grotesca, Juliana utiliza-se do mascaramento, para dar vida a uma mulher-cigarra, personagem conservadora, que espelha a trajetória e as funções exercidas pela mulher em um ambiente patriarcal. No palco, o público acompanha exatamente o desenrolar do ciclo de vida da cigarra. Ela, pelo bem da espécie, repete o próprio sistema que a reprime, mantendo assim, a ordem natural das coisas, acreditando que a sobrevivência depende do cumprimento das obrigações que o próprio sistema impõe.

de 21/06/2024 à 30/06/2024 40 min Gratuito Em breve
  • Sexta20h
  • Sábado20h
  • Domingo18h
Teatro Arthur Azevedo Classificação: 16

SÁDICO

Beatriz é uma dona de casa, com uma vida considerada comum para todas as mulheres. Ela procura a sua essência e quer descobrir o seu verdadeiro “eu”, despindo-se das vestimentas de mãe, esposa e mulher, e se depara com o Sádico. Com cenas surrealistas e impactantes.

de 21/06/2024 à 29/06/2024 à partir de R$ 50 Em breve
  • Sexta20h
  • Sábado20h
Teatro Ruth Escobar Classificação: 18

Inf Busca Peças

Data
Preço

Este website armazena cookies no seu computador. Esses cookies são usados para melhorar sua experiência no site e fornecer serviços personalizados para você, tanto no website, quanto em outras mídias. Para saber mais sobre os cookies que usamos, consulte nossa Política de Privacidade

Não rastrearemos suas informações quando você visitar nosso site, porém, para cumprir suas preferências, precisaremos usar apenas um pequeno cookie, para que você não seja solicitado a tomar essa decisão novamente.