Você está na cidade de:

BOSSA NOVA CABARET BAR

Bossa Nova Cabaret Bar reestreia em janeiro no Teatro do Sesi-SP com sessões são gratuitas em Janeiro

Bossa Nova Cabaret Bar é uma comédia de variedades retratada em formato de um show, no fictício
Copacabana Cabaret Bar, conduzido por uma trupe de comediantes cantores. Livremente inspirado em fatos, personagens e músicas da Bossa Nova, o espetáculo apresenta as canções emblemáticas do movimento em forma de números de mágica, quadro de bonecos, números de cortina com vedetes, paródias, números de plateia, bem como variadas performances musicais com o rearranjo das composições. O espetáculo busca, além de entreter e divertir por meio de um humor refinado, cumprir a função social de mostrar ao público uma comédia musical brasileira, seja por seu conteúdo temático, estilo ou construção composicional, em oposição a fórmulas importadas de entretenimento cultural.

Ficha Técnica:

Texto e Direção Geral: Helen Helene e Pedro Paulo Bogossian
Direção de atores: Helen Helene
Direção Musical: Pedro Paulo Bogossian
Elenco: Rosi Campos, Helen Helene, Rachel Ripani, Luciano Schwab, Conrado Caputo, Danilo Martho, Diego Gazin, Efraim Ribeiro, Flávia Teixeira, João Pedro Attuy, Larissa Garcia, Naiara de Castro, Paloma Rodrigues
Músicos: Pedro Paulo Bogossian – Piano
Ana Eliza Colomar – Sax / Flauta
Giullia Assmann – Contrabaixo
Jesum Biasin – Percussão
Rodrigo Mardegan – Bateria
Assistência de Direção: Sandra Mantovani
Assistência de Direção Musical: Pedro Ascaleta
Visualidades
Cenografia e Figurinos: Attilio Martiñs
Visagismo: Anderson Bueno
Adereços de Cenário e Figurino: Sidnei Caria
Design de Bonecos: Sidnei Caria
Fotografia: Ary Brandi
Corpo:
Direção de movimento e coreografia: JC Violla
Assistência de coreografia: Nelly Guedes
Preparação e tradução de LIBRAS: Mirian Caxilé
Iluminação
Design de Luz: Guilherme Bonfanti
Assistência e Operação de Luz: Francisco Turbiani
Operação de Seguidor: Lays Ventura
Sonorização
Design de Som: Luciano Monson, Gabriel Bocutti e Tocko Michelazzo
Operador de Mesa: Gilbel Silva
Microfonista: Adriana Lima e Káthia Akemi
Técnicos de Palco
Coordenador de Palco: Flávio Rodriguez
Camareiros: Ana Lúcia Arruda e Wellington Oliveira
Contrarregras: Flores Ayra e Sérgio Sasso
Roadie: Roupa Nova
Comunicação:
Assessoria de Comunicação: Canal Aberto – Márcia Marques, Carol Zeferino e Daniele Valério
Produção:
Direção de Planejamento e Produção: Fá Almeida
Coordenação de Produção: Karina Cardoso
Produção Executiva: Daniel Aureliano
Assistência de Produção: Eduardo Barros
Assessoria Jurídica: F&R Advogados
Realização: Bogossian & Helen Helene e Diorama Casa de Produção

Detalhes da peça

Status

Encerrada

Temporada

De 11/01/2024 até 04/02/2024

Dias

  • Quinta20h
  • Sexta20h
  • Sábado20h
  • Domingo19h
  • Quinta20h
  • Sexta20h
  • Sábado20h
  • Domingo19h

Duração

100 minutos

Valor

Os ingressos são liberados a cada segunda, a partir das 8h

Região

Zona Oeste / São Paulo

Teatro / Espaço

Teatro do SESI-SP
Av. Paulista, 1313, Jardins, São Paulo/SP - 01310100

Estacionamento

Cafeteria

Sim

Telefone

(11) 3322-0050

12

Classificação indicativa

Não apropriado para menores de 12 anos

Galeria de fotos
Fotos por Karim Kahn,
Compartilhar em

Você pode se interessar

OPERILDA CAI NO CHORO

Operilda é uma jovem feiticeira de 225 anos, apaixonada por música brasileira, que precisa deixar o celular de lado e usar somente sua memória e imaginação para contar uma história sobre o surgimento do choro, estilo musical que nasceu no Rio de Janeiro no final do século XIX. Com humor e criatividade, Operilda, sua amiga Vassorilda e o grupo musical Chorildos passeiam pelo Brasil colonial até chegar aos dias atuais, traçando um paralelo entre o desenvolvimento da cidade do Rio de Janeiro e do chorinho. Nascido da mistura de ritmos europeus e africanos, o choro foi criado e popularizado por músicos geniais que entram nessa história junto com Operilda.

de 28/06/2024 a 28/07/202450 minGratuitoEm breve
  • Sexta11h
  • Sábado11h e 16h30
  • Domingo11h
CCBB SP- Centro Cultural Banco do Brasil São Paulo

BERNSTEIN: O LÍRICO

O programa desse Sarau terá como foco as canções do compositor e maestro Leonard Bernstein. West Side Story, On the Town, Wonderful Town e Candide fazem a base deste espetáculo marcado pela interpretação em formato lírico. O espetáculo acontece em nossa forma clássica: narração, com o afeto singular de Andres Santos Jr, que também faz a direção de palco; direção/preparação musical do maestro Flavio Lago, piano de Leandro Roverso e as vozes dos especialistas neste genial autor: o soprano Raquel Paulin e o tenor Daniel Umbelino. Com uma direção de cena intimista, o espetáculo conta com o tradicional debate no término da apresentação.

de /27/2311 a /27/231190 minà partir de R$ 60Em breveseg 19hTEATRO SERGIO CARDOSO

REPÚBLICA LEE – UM MUSICAL AO SOM DE RITA

“República Lee – Um musical ao som de Rita” acompanha a história de cinco jovens, moradores de uma república situada na cidade de São Paulo, entre os anos de 1968 e 1969. O grupo está engajado em produzir, dentro do apartamento em que moram, um curta-metragem de ficção científica, com baixo orçamento. A trama dentro da trama é baseada em longas-metragens de sci-fi dos anos 1950, como “O dia em que a Terra Parou”, “A invasão dos discos voadores” e “O Ataque da Mulher de 15 Metros”. A dramaturgia do musical é embalada por canções clássicas do repertório de Rita Lee, como “Agora só falta você”, “Nem luxo, nem lixo” e “Mutante”.

de 12/07/2024 a 04/08/2024120 minà partir de R$ 60Em breve
  • Sexta20h
  • Sábado20h
  • Domingo19h
Teatro Viradalata

Inf Busca Peças

Data
Preço

Este website armazena cookies no seu computador. Esses cookies são usados para melhorar sua experiência no site e fornecer serviços personalizados para você, tanto no website, quanto em outras mídias. Para saber mais sobre os cookies que usamos, consulte nossa Política de Privacidade

Não rastrearemos suas informações quando você visitar nosso site, porém, para cumprir suas preferências, precisaremos usar apenas um pequeno cookie, para que você não seja solicitado a tomar essa decisão novamente.