Você está na cidade de:

DA JANELA

Infantil ‘Da Janela’ coloca o debate sobre acessibilidade no centro da cena

Malu, Nina e Cadu são três crianças vizinhas que se conhecem pelas janelas de suas casas. Aos poucos, começam a se comunicar à distância e a amizade do trio se inicia à medida em que aprendem instintivamente a lidar com as diferenças de cada um. Com este ponto de partida, ‘Da Janela’ foi construído na sala de ensaios em um processo que colocou a acessibilidade dentro de todas as etapas da criação. Com a participação de consultores de inclusão e pessoas com deficiência em sua ficha técnica, o diretor Marco dos Anjos concebeu um espetáculo em que teatraliza recursos de acessibilidade na comunicação e promove uma encenação inclusiva a crianças com deficiência.

Ficha Técnica:

Idealização, direção artística e dramaturgia: Marco dos Anjos
Coordenação Artística: Felipe Valle
Assistente de Direção: Rohan Baruck
Elenco: Elizândra Souza, Mariana Siciliano e Vinicius Teixeira
Comunicação em LIBARS: Thamires Ferreira
Consultoria em Acessibilidade: Vanessa Bruna
Consultoria em LIBRAS: Christofer Allex
Direção de Produção: Bárbara Galvão e Felipe Valle
Coordenação de Produção: Bárbara Galvão, Carolina Bellardi e Fernanda Pascoal (Pagu Produções Culturais)
Produção Executiva: Fernando Queiroz
Trilha sonora e direção musical: Ananda K
Direção de movimento e preparação corporal: Ricardo Gadelha
Cenografia: Cachalote Mattos
Figurinos: Teresa Abreu
Iluminação: Ana Luzia Molinari de Simoni
Adereços: Leandro Fazolla
Visagismo: Leo Thurler
Oficina de preparação corporal: Fernanda Dias
Modelista: Francisca Sabóia
Aderecista de figurinos: Nayara Pereira
Cenotécnico: Marco Antonio Rodrigues
Identidade visual e design Gráfico: Fabrício Sacramento
Programação Visual e Gestão de mídias sociais: Daniel Barboza
Assessoria de Comunicação: Clímax Conteúdo
Fotografia: Renato Mangolin
Registro e edição de vídeos: Flash Filmes
Gestão de projeto e prestação de contas: Felipe Valle e Mariana Sobreira (Fomenta Soluções Culturais)
Supervisão de projetos incentivados: Juliana Trimer
Analista de Projetos incentivados: Thiago Monte
Assistente de Gestão: Bayron Alencar
Contabilidade: Máximos Contabilidade
Correalização: Fomenta Soluções Culturais
Coordenação de Projeto: Trupe Produções Artísticas
Realização: Trupe do Experimento.

*Todas as sessões são acessíveis a pessoas com deficiência, incluindo tradução em LIBRAS e narração das cenas.

Detalhes da peça

Status

Em cartaz

Temporada

De 20/07/2024 até 25/08/2024

Dias

  • Sábado16h
  • Domingo16h

Duração

50 minutos

Valor

Infantil R$2 (associado do Sesc) / R$5 (meia) / R$ 10 (inteira) / Adulto R$7,50 (associado do Sesc) / R$15 (meia) / R$30 (inteira)

Região

Rio de Janeiro / Rio de Janeiro

Teatro / Espaço

Sesc Tijuca
R. Barão de Mesquita,539 - Tijuca,68

Estacionamento

No Local

Cafeteria

Sim

Telefone

(21) 4020-2101

E-mail

https://www.sescrio.org.br/

L

Classificação indicativa

Classificação Livre para todas idades

Galeria de fotos
Fotos por Renato Mangolin
Compartilhar em

Você pode se interessar

TRILHA PARA AS ESTRELAS

Trilha para as Estrelas conta a história de Kellen, Cris e Cláudia, interpretadas pelas atrizes Lilian Regina, Arami Argüello e Vicka Matos. Trata-se de três amigas interessadas por ciência, poesia e fotografia que decidem acampar na encantadora e misteriosa Mata Atlântica. Ao armar a barraca em uma clareira, depois de caminharem por uma trilha cheia de emoção, diversão e desafio, as jovens buscam se proteger com numerosos apetrechos de viagem, tentando imitar o conforto que deixaram na cidade. Por fim se dão conta de que a aventura não está no que podem evitar ou capturar, mas no inesperado encontro com os animais, as plantas e até mesmo com sonhos distantes que podem transformá-las em estrelas.

de 21/04/2024 a 28/07/202460 minGratuitoÚltimos Dias
  • Domingo16h
Itaú Cultural

ARCANO 17

Em cena os dois poetas, vividos por um ator. Ambos se conheceram em vida, Breton sendo admirador e seguidor de Apollinaire nos primeiros passos da grande liberdade intelectual deste. Apollinaire (1880-1918) lutou na I Guerra, como dever patriótico à sua amada França. Breton (1896- 1966) criticou a guerra desde sempre, e escreveu contra ela tudo que pôde. A peça descreve esses movimentos dos poetas, Apollinaire vivendo em cena, através de seus poemas, o que ocorreu em sua vida. Breton observando em contraponto o desenrolar da história de Apollinaire, de um outro lugar e tempo, em que as ilusões sobre qualquer legitimidade da guerra tinham sido há muito superadas. Esse encontro dos dois poetas é ficcional, criado pelos autores Ariel Borghi e Esther Góes, para sintetizar o olhar dos poetas surrealistas sobre a guerra, e a ação poética a que se dedicaram em prol da felicidade humana.

de 05/07/2024 a 28/07/2024 minà partir de R$ 20Últimos Dias
  • Sexta19h
  • Sábado19h
  • Domingo18h
Teatro Sérgio Cardoso

COPO VAZIO

A partir da obra homônima de Natalia Timerman, a peça Copo Vazio coloca em cena uma atriz e um ator ensaiando e refletindo sobre seus personagens, Mirela e Pedro. O tema que perpassa a obra é a responsabilidade afetiva nos relacionamentos contemporâneos, pois Pedro desaparece da vida da Mirela após três meses de intenso relacionamento, num fenômeno caracterizado nos dias atuais como ‘ghosting’.

de 05/07/2024 a 21/07/202480 minGratuitoÚltimos Dias
  • Sexta20h
  • Sábado20h
  • Domingo18h
TUSP– Teatro da Universidade de São Paulo

Inf Busca Peças

Data
Preço

Este website armazena cookies no seu computador. Esses cookies são usados para melhorar sua experiência no site e fornecer serviços personalizados para você, tanto no website, quanto em outras mídias. Para saber mais sobre os cookies que usamos, consulte nossa Política de Privacidade

Não rastrearemos suas informações quando você visitar nosso site, porém, para cumprir suas preferências, precisaremos usar apenas um pequeno cookie, para que você não seja solicitado a tomar essa decisão novamente.