Você está na cidade de:

ERGA OMNES

Cia. Fragmento de Dança faz nova temporada de Erga Omnes no Kasulo – Espaço de Cultura e Arte em maio

Segundo o historiador israelense Yuval Harari, “somos os mestres da ficção”. Criamos instituições, religiões, gêneros. Inventamos normas de conduta e moralidade. Somos os maiores predadores do planeta, mas temos uma capacidade inigualável de cooperar e, talvez, isso não seja contraditório. Não se trata de empatia e sim da nossa aptidão para imaginar. Erga Omnes é uma expressão em latim que significa “contra todos”, “frente a todos”. É muito usada no mundo jurídico para dizer que uma norma se aplica igualmente a todas as pessoas. Nesse sentido, uma invenção humana, questionável e contraditória. Erga Omnes propõe pensarmos as estruturas às quais pertencemos, aquelas que nos oferecem proteção e nos cobram obediência. O que pode um grupo diante das ficções que cria e sobre as
quais se insurge?

Ficha Técnica:

Concepção, coreografia e direção: Vanessa Macedo
Assistente de direção e coreografia: Maitê Molnar
Intérpretes: Diego Hazan, Gabriela Ramos, Maitê Molnar, Peter Levi, Prudy Oliveira e Vanessa
Macedo.
Estágio: Letícia Almeida
Percussão, montagem e edição de trilha sonora: Lua Oliveira
Iluminação: Fellipe Oliveira
Figurino: Daíse Neves
Designer gráfico: Letícia Mantovani
Produção: Luciana Venancio (Movicena Produções)
Assessoria de Imprensa: Pombo Correio

Detalhes da peça

Status

Encerrada

Temporada

De 02/05/2024 até 12/05/2024

Dias

  • Quinta20h
  • Sexta20h
  • Sábado20h
  • Domingo19h

Duração

55 minutos

Valor

Gratuito - Mediante reserva pelo Sympla

Região

Zona Leste / São Paulo

Teatro / Espaço

Kasulo Espaço de Arte
R. Sousa Lima,300,22

Estacionamento

Cafeteria

Sim

Telefone

(11) 98019-7711

E-mail

espacokasulo@gmail.com

16

Classificação indicativa

Não apropriado para menores de 16 anos

Galeria de fotos
Fotos por Hamilton Ramos,Juan Espinoza
Compartilhar em

Você pode se interessar

ENQUANTO VOCÊ VOAVA, EU CRIAVA RAÍZES

No palco, os artistas não dizem nenhuma palavra. Nesse trânsito entre linguagens, os significados também se apresentam diversos e chegam ao público em camadas múltiplas e plurais. Um espetáculo sensorial entre sonho e realidade, em que o público é lançado a um emaranhado de sombras e luzes, diante do imensurável, da imensidão e do mistério do abismo.

de 10/05/2024 a 30/06/202455 minà partir de R$ 20Em cartaz
  • Sexta20h20h
  • Sábado20h20h
  • Domingo18h18h
  • Sexta20h20h
  • Sábado20h20h
  • Domingo18h18h
Teatro Vivo SP

CRYSTAL

Crystal é uma jovem criativa que se sente incompreendida e fora de sincronia consigo mesma. Para escapar de sua realidade, ela se aventura em um lago congelado e acaba caindo no gelo e chegando em um mundo invertido. Neste mundo subaquático da sua imaginação ela vê um reflexo de si mesma. Por lá, ela é guiada por seu reflexo por este novo mundo e a desperta para a sua própria criatividade. À medida que Crystal continua sua jornada, ela transforma suas peculiaridades em criatividade com um toque de sua caneta. Com esse novo poder recém-descoberto, ela é capaz de encontrar seu verdadeiro eu e fazer uma jornada de volta à realidade. O espetáculo CRYSTAL trata de olhar as coisas de novos ângulos, espiar através do verniz da vida cotidiana, reenquadrar a realidade diária para ver o que podemos ter perdido. Às vezes, a única maneira de apreciar as coisas é olhar para elas de outro ângulo. Descobrir a individualidade e a singularidade de alguém exige aventurar-se em gelo fino.

de 13/06/2024 a 23/06/2024120 minà partir de R$ 180Em breve
  • Terça21h
  • Quarta21h
  • Quinta21h
  • Sexta20h
  • Sábado13h, 17h e 21h
  • Domingo14h, 16h, 18h e 20h
Rioarena -FARMASI ARENA

EPIFANIA

O propósito de movimento é resgatar a beleza e virtuose de saltos, giros e linhas do ballet clássico em um corpo do século XXI, com uma nova roupagem de vivência e bagagem da dança contemporânea, nesse contexto a pesquisa corporal inclui sincronismo aplicado em movimentos com desarticulação, quebra de linha de rigidez e técnica de chão, dentro de um padrão de continuidade anatômica. Assim, as sapatilhas de ponta se tornam ferramentas para a dança contemporânea. O cenário é composto por várias portas brancas com suas respectivas fechaduras, que conforme se encaixam, criam um desenho abstrato com formas e intenções diversas que representam as portas para captação de estímulos externos e acesso interno individual de cada pessoa.

de 07/06/2024 a 09/06/2024 minGratuitoEm breve
  • Sexta21h
  • Sábado21h
  • Domingo19h
Teatro Paulo Eiró

Inf Busca Peças

Data
Preço

Este website armazena cookies no seu computador. Esses cookies são usados para melhorar sua experiência no site e fornecer serviços personalizados para você, tanto no website, quanto em outras mídias. Para saber mais sobre os cookies que usamos, consulte nossa Política de Privacidade

Não rastrearemos suas informações quando você visitar nosso site, porém, para cumprir suas preferências, precisaremos usar apenas um pequeno cookie, para que você não seja solicitado a tomar essa decisão novamente.