Você está na cidade de:

ERUPÇÃO – O LEVANTE AINDA NÃO TERMINOU

Coletiva Ocupação apresenta espetáculos no Centro Cultural SP

A coletivA ocupação cria em seu segundo espetáculo uma coreografia do impossível, uma cena de Festa e Guerra, que parte da imagem que atravessa o grupo: O que é o fim de mundo para mundos que já terminaram há muito tempo? O processo de criação teve início durante a pandemia em 2020 quando o grupo criou laboratórios para “corpos em erupção” a partir de frentes de pesquisa de dramaturgia, corpo/performatividade, música e estética. Em Erupção – o levante ainda não terminou a coletivA ocupação se coloca junto a novas radicalidades em cena, a partir da investigação da linguagem dos próprios corpos de seus integrantes e no espaço que eles ocupam. 16 performers se transfiguram ao longo da peça em seres de diferentes cosmologias, modificam o seu corpo para se transmutar para outros mundos.

Ficha Técnica:

Performance e Criação: Abraão Kimberley, Akinn, Alicia Esteves, Alvim Silva, Ariane Aparecida, Benedito Beatriz, DJ Shaolin, Icá Iuori, Lara Júlia Chaves, Letícia Karen, Lilith Cristina, Marcela
Jesus, Marcéu Fernandes, Mel Oliveira, Matheus Maciel e PH Veríssimo.
Direção: Martha Kiss Perrone.
Dramaturgia: Icá Iuori, Lilith Cristina e Martha Kiss Perrone.
Iluminação: Benedito Beatriz.
Direção de Movimento: Ricardo Januário.
Colaboração Corporal: Castilho.
Som: DJ Shaolin e Frente Música coletivA.
Colaboração Musical: Anelena Toku e Rafael Coutinho.
Figurino: Juan Duarte.
Assistência de Figurino: Marcela Akie.
Coordenação de Palco: Jaya Batista.
Direção de Arte: Frente Visualidades coletivA.
Preparação Vocal: Abraão Kimberley.
Produção: Corpo Rastreado | Gabs Ambròzia e Paula Serra.
Difusão: Corpo a Fora.
Residência Artística: Casa do Povo.

Detalhes da peça

Status

Encerrada

Temporada

De 12/08/2023 até 27/08/2023

Dias

sáb 20h, dom 19h

Duração

80 minutos

Valor

Gratuito

Região

Centro / São Paulo

Teatro / Espaço

Centro Cultural São Paulo (CCSP)
R. Vergueiro, 1000, Paraíso, São Paulo/SP - 01504000

Estacionamento

Cafeteria

Sim

Telefone

(11) 3397-4277

E-mail

curadoriateatroccsp@gmail.com

14

Classificação indicativa

Não apropriado para menores de 14 anos

Galeria de fotos
Fotos por RENATO COELHO,Alisson Sbrana,PAULA SERRA,Matheus Jose Maria
Compartilhar em

Você pode se interessar

MUTAÇÃO DE APOTEOSE

Terceiro sinal, CaciIda Becker se prepara para encarnar Euclides da Cunha, devorado, estraçalhado, parindo uma Cacilda Cósmica que viaja em uma onírica odisseia pelas Eras geológicas e teatrais. “mutação de apoteose” conta uma história de travessias e metamorfoses. É o teatro em estado de feitiçaria, é uma f(r)icção cósmica que contracena personagens humanas, não humanas, elementos e forças da natureza, seres encantados, oceano cretáceo e inteligência artificial, criando uma bomba de imaginação. São algoritmos antigos de insurreição da terra criando atmosferas de linha direta com o público, em contracenação com um algoritmo colonial. Com direção de Camila Mota e dramaturgia de Cafira Zoé, “mutação de apoteose” é um spin-off vertiginoso criado a partir das dramaturgias de “Os Sertões” e “Odisseia CaciIda”, de José Celso Martinez Correa e Teat(r)o Oficina, com cenas inéditas e outras paragens, celebrando os 65 anos da Cia e a direção de Camila Mota, primeira mulher a dirigir um espetáculo do Oficina, abrindo caminhos para outras direções, como de Marília Piraju e Mayara Baptista, em ritos e shows encenados. Com 100 pessoas na ficha técnica girando a máquina dessa uzyna, “mutação de apoteose” é um espetáculo musical em 2 atos, um acontecimento feiticeiro que opera o terreyro eletrônico na sua máxima potência, desejando acender estados de mutação de apoteose dentro e fora de nós.

de 12/04/2024 a 09/06/2024150 minà partir de R$ 45Em cartaz
  • Sexta20h
  • Sábado20h
  • Domingo18h
Teatro Oficina Uzyna Uzona

SEMPRE MAIS QUE UM

“Sempre mais que um” se refere aos vários corpos existentes em um corpo presente, permeado pelo espaço e por temporalidades. Balizados pela improvisação cênica e acompanhados pela luz de Hernandes de Oliveira e a trilha original composta por Antonio Prado, corpos materializam imagens e são diluídos com o espaço, numa busca permanente por atualizar o momento num fluxo contínuo.

de 24/05/2024 a 26/05/202450 minGratuitoEm breve
  • Sexta21h
  • Sábado21h
  • Domingo19h30
Teatro Alfredo Mesquita

ENQUANTO VOCÊ VOAVA, EU CRIAVA RAÍZES

No palco, os artistas não dizem nenhuma palavra. Nesse trânsito entre linguagens, os significados também se apresentam diversos e chegam ao público em camadas múltiplas e plurais. Um espetáculo sensorial entre sonho e realidade, em que o público é lançado a um emaranhado de sombras e luzes, diante do imensurável, da imensidão e do mistério do abismo.

de 10/05/2024 a 30/06/202455 minà partir de R$ 20Em cartaz
  • Sexta20h20h
  • Sábado20h20h
  • Domingo18h18h
  • Sexta20h20h
  • Sábado20h20h
  • Domingo18h18h
Teatro Vivo SP

Inf Busca Peças

Data
Preço

Este website armazena cookies no seu computador. Esses cookies são usados para melhorar sua experiência no site e fornecer serviços personalizados para você, tanto no website, quanto em outras mídias. Para saber mais sobre os cookies que usamos, consulte nossa Política de Privacidade

Não rastrearemos suas informações quando você visitar nosso site, porém, para cumprir suas preferências, precisaremos usar apenas um pequeno cookie, para que você não seja solicitado a tomar essa decisão novamente.