Você está na cidade de:

EXÍLIO

Nova peça do Coletivo Comum, eXílio reflete sobre os impasses das migrações contemporâneas

Atualmente, mais de 110 milhões de pessoas no mundo, segundo dados oficiais, foram obrigadas a se deslocar por causa de guerras, violações de direitos humanos, condições climáticas e perseguições de todo tipo (políticas, religiosas, étnicas, por orientação sexual). Elas estão sujeitas a violências anti-imigração, como estupro, discriminação, humilhação. Muitas perderam suas vidas. A experiência do exílio também pode ser vivida dentro do próprio país, como no caso das ditaduras e nos processos de desumanização. eXílio é um trabalho teatral, proposto pelo Coletivo Comum, que parte desta atualidade brutal, mas também da perspectiva de que as fronteiras são criações históricas, portanto, podem ser alteradas e suprimidas.

Ficha Técnica:

Roteiro: Fernando Kinas, com a colaboração de Beatriz Calló e elenco
Direção: Fernando Kinas
Elenco: Fernanda Azevedo, Maria Carolina Dressler, Renata Soul, Renan Rovida e Roberto Moura
Assistência direção: Beatriz Calló
Cenografia: Julio Dojcsar
Iluminação e operação de luz: Dedê Ferreira
Figurino: Beatriz Calló, com a participação do Coletivo Comum e pessoas em condição de migração e refúgio
Treinamento e direção vocais: Roberto Moura
Pesquisa musical e trilha: Fernando Kinas, com a colaboração de Eduardo Contrera
Assessoria dramatúrgica: Tercio Redondo (Bertolt Brecht e o exílio)
Interlocução crítica: Clóvis Inocêncio (Berna), Beatriz Whitaker, Leneide Duarte-Plon, Dominique Durand e Cimade (Paris), Organon Art Cie (Marseille), Jean-Michel Dolivo (Lausanne), Rabii Houmazen (Marrocos e São Paulo), Museu da Imigração do Estado de São Paulo, Arro (Afeganistão e São Paulo), Padre Assis (Cabo Verde e São Paulo)
Desenho e operação de som: Lienio Medeiros
Programação visual: Casa 36|Camila Lisboa
Fotografia: Fernando Reis
Serralheiro: Fernando Lemos (Zito)
Assessoria de Imprensa: Canal Aberto|Márcia Marques, Daniele Valério e Carol Zeferino
Produção: Patricia Borin
Realização: Coletivo Comum

Detalhes da peça

Status

Encerrada

Temporada

De 09/05/2024 até 02/06/2024

Dias

  • Quinta20h
  • Sexta20h
  • Sábado20h
  • Domingo19h

Duração

140 minutos

Valor

R$20 (inteira), R$10 (meia-entrada) e gratuito para estudantes do ensino público e pessoas em condição de migração e refúgio.

Região

São Paulo /

Teatro / Espaço

Teatro Arthur Azevedo
Avenida Paes de Barros, 955, Alto da Mooca, São Paulo/SP - 03115020

Estacionamento

No Local

Cafeteria

Sim

Telefone

(11) 2604-5558

E-mail

teatroaa952@gmail.com

14

Classificação indicativa

Não apropriado para menores de 14 anos

Galeria de fotos
Fotos por Fernando Reis
Compartilhar em

Você pode se interessar

VAIQUEEUVOO

Uma releitura jovem e dinâmica que, através da linguagem do circo, dá aos espectadores a oportunidade única de prestigiar os corajosos e habilidosos aviadores da década de 1930 que com ousadia e paixão desafiam as leis da gravidade. Envoltos por um período turbulento da história mundial, repleto de avanços tecnológicos e pelas guerras, os nossos três aviadores só veem sentido na vida quando estão nos ares, realizando as suas incríveis acrobacias aéreas na barra fixa e quadrante aéreo. Apertem os cintos, o espetáculo vai começar! Bom voo a todos!

de 14/07/2024 a 11/08/202460 minà partir de R$ 10Em cartaz
  • Domingo16h
Sesc Santo Amaro

AS QUE VIERAM ANTES DE NÓS

Mostrando cultura, lutas, tradições, canções, ancestralidades e curiosidades, quatro atrizes e cantoras do grupo contam histórias de quatro mulheres históricas do nosso país. Juntam a cultura brasileira que contém músicas ao vivo que manifestam palavras de revolução, cirandas e de guerrilhas, com histórias que protagonizam mulheres fortes, importantes e que não devem nunca ser esquecidas. As contações são como um acalanto e preservação de memória, como uma carta de amor à essas mulheres que colaboraram com nossa emancipação, empoderamento e justiça. As mulheres homenageadas dessa série de contações são: Clementina de Jesus, Ada Rogato, Yumiko Kanayama e Nise da Silveira.

de 13/07/2024 a 28/07/202450 minGratuitoÚltimos Dias
  • Sábado16h
  • Domingo16h
Sesc 24 de Maio

ERA UMA VEZ…A CIGARRA E A FORMIGA

“A Cigarra e a Formiga” conta a história de uma cigarra que é uma artista e enfrenta as dificuldades para seguir seu caminho na arte, por imposições da família e da sociedade. Sua profissão reúne algumas peculiaridades que muitas vezes não são compreendidas, nem por ela mesma. Para se situar no mundo, ela procura uma oportunidade convencional de trabalho, no escritório do Sr. Tião Formiga Saúva. O que ela não esperava é que seria desse encontro inesperado que sua carreira artística iria realmente mudar. A história cativa o espectador, além de provocar uma reflexão sobre estigmas da nossa sociedade.

de 03/07/2024 a 24/07/202450 minà partir de R$ 40Últimos Dias
  • Quarta15h
Teatro Uol

Inf Busca Peças

Data
Preço

Este website armazena cookies no seu computador. Esses cookies são usados para melhorar sua experiência no site e fornecer serviços personalizados para você, tanto no website, quanto em outras mídias. Para saber mais sobre os cookies que usamos, consulte nossa Política de Privacidade

Não rastrearemos suas informações quando você visitar nosso site, porém, para cumprir suas preferências, precisaremos usar apenas um pequeno cookie, para que você não seja solicitado a tomar essa decisão novamente.