Você está na cidade de:

FAMÍLIA DINDIM

FAMÍLIA DINDIM usa a criatividade do teatro para falar de dinheiro de forma divertida e leve, na linguagem das crianças.

Com premiada equipe de criativos – direção de Carla Candiotto, direção musical, texto e músicas originais de Gustavo Kurlat, cenário e figurino de Marco Lima e luz de Wagner Freire, espetáculo estreia dia 25 de Março, sábado, no Teatro Sérgio Cardoso.

Com a palavra a diretora: “Família Dindim. Uma família divertida, atrapalhada e cheia de sonhos. Dona Joana, sempre preocupada em realizar os desejos de cada filho; seu Augusto, que quer deixar toda contabilidade da família em ordem, e nunca consegue, e seus filhos Matheus e Catarina, que são muito unidos tem um desejo, um segredo que, aos poucos, a gente fica sabendo. Eles vão viver a semana de educação financeira na escola e cada um tem que escolher um projeto. Matheus sonha em comprar uma chuteira nova e Catarina, a mais misteriosa, não conta pra ninguém o que ela vai fazer. Seu primo Manu, um influencer, ama essa família e está sempre coletando conteúdo para colocar no Instagram sobre todos. Ele faz a família ficar conhecida e ter muitos seguidores, pois consegue captar e compartilhar com amigos as loucas situações vividas. O dinheiro aparece como o grande vilão da história, pois todos querem e precisam, mas não entendem como lidar com ele e se metem em confusões. Matheus tenta vender sorvetes, e esquece que precisa de uma caixa de isopor, tudo derrete, uma catástrofe!

A professora Leticia, na semana de educação financeira, explica aos alunos, de uma forma interessante, e pede um projeto para o final da semana. Será que eles irão conseguir? Que segredo Catarina esconde? Será que entenderemos todas aquelas palavras difíceis? Crédito, débito, pix, bolsa de valores, inflação, desvalorização? Com ludicidade e humor a gente acaba dando pistas sobre como essas personagens conseguirão resolver ou solucionar suas continhas.”

Encenação lúdica
Utilizar o teatro como uma forma lúdica para falar de educação financeira e sustentabilidade para crianças é a proposta do espetáculo FAMÍLIA DINDIM. Idealizado pelas produtoras Alessandra Trindade, da AT Cultural, e Silvia Rezende, da S. Rezende Produções, o espetáculo reúne uma equipe premiada de criativos – Carla Candiotto na direção, Gustavo Kurla t na autoria do texto, direção musical e músicas originais, Marco Lima no cenário e figurino e Wagner Freire na luz.

A peça reúne um elenco formado por atores e atrizes que trazem representatividade ao palco. Catarina e Mateus serão os papéis de Carol Rocha e Samuel Carrasco, Paula Flaiban será Joana, a mãe das crianças, e Pedro Arrais será Augusto, o pai. Cleber Tolini será Manu , o primo influenciador, e Zuba Janaina será a professora Leticia. Cleber é um ator com baixa visão e Zuba é uma atriz negra, pois além do talento de ambos, queremos destacar a importância da representatividade. A trilha sonora, produzida especialmente para o espetáculo, reúne sete canções, todas composições (música e letra) de Gustavo Kurlat, com arranjos e produção musical de André Bedurê. Os atores cantarão ao vivo sobre uma base instrumental. A trilha estar&aacu te; disponíve l no Youtube em vídeos de animação.

Sobre o texto, truques para fugir do didático
Para Gustavo Kurlat, educação financeira é tema para crianças, sim. O autor do texto, das músicas originais e diretor musical acredita ser importante tratar do assunto com os filhos, “especialmente quando se pensa em valores como paciência, dedicação, planejamento. São estes os tópicos abordados na peça”, diz, revelando ser necessário passar o conhecimento dos nomes que aparecem nessa linguagem. “O que é um cartão de crédito, de débito, bolsa de valores, são palavras que não falamos com as crianças mas que elas ouvem o tempo inteiro.” Sobre os truques para não cair no didático, Kurlat usa ferramentas como contar uma boa história, criar identificação com os pers onagens e abordar assuntos do cotidiano. O texto de Gustavo criou o que ele chama de “pequenas estações de conhecimento” por onde as crianças vão passando e absorvendo as informações.

Sobre as músicas e a direção musical
As canções dialogam com o texto e não necessariamente contam a história. “Escrevi as letras junto com o texto, para que cada canção pudesse dar uma nova dimensão e trazer novos dados para cada assunto que aparece”, explica Kurlat. A música de abertura fala da origem do dinheiro, outra trata do jeito popular de dar diferentes nomes ao dinheiro, uma que aborda a inflação (abordada de forma engraçada a partir da crítica dos preços que aumentam o tempo todo). Tem uma canção sobre a reflexão da Catarina, a mais novinha, sobre como conseguir fazer o que se deseja. Tem outra sobre o momento de desabafo poético. A música final fala da ideia de que todos deveriam crescer com as riquezas que existem no mundo. Ac ostumado a escrever, compor a trilha e dirigir os espetáculos, desta vez Kurlat experimenta “uma aventura muito gostosa” já que a encenação é de Carla Candiotto, nome de destaque, referência em teatro para crianças e jovens. “A Carla dará uma outra visão sobre o que pensei. Sempre uma direção que não é a do autor traz novas possibilidades.”

Ficha técnica:

FAMÍLIA DINDIM – Direção – Carla Candiotto. Texto, direção musical e músicas originais – Gustavo Kurlat. Cenário e figurino – Marco Lima. Luz – Wagner Freire. Idealização e produção – Alessandra Trindade, da AT Cultural, e Silvia Rezende, da S. Rezende Produções. Fotos – João Caldas. Assessoria de Imprensa – M. Fernanda Teixeira e Macida Joachim / Arteplural.

Retirada de ingressos: 4 ingressos por CPF. 

Apresentação para escolas – a partir de 21 de março, Terça e quarta às 15h; quinta e sexta às 10h.
Até 6 de abril. Informações e agendamento de escolas e ONGs – familiadindim@gmail.com.
Para maiores informações e reservas de ingressos para escolas, preferencialmente públicas, enviar email para familiadindim@gmail.com

Família Dindim fará apresentações simultâneas pela internet. As informações das transmissões serão disponibilizadas no instagram @familiadindim. O material pedagógico também estará disponível na internet.

Texto disponibilizado pela produção do espetáculo.

Detalhes da peça

Status

Encerrada

Temporada

De 25/03/2023 até 02/04/2023

Dias

sáb 15h, dom 15h

Duração

50 minutos

Valor

Gratuito - no site do teatro no dia da apresentação a partir das 8 horas.

Região

Centro / São Paulo

Teatro / Espaço

Teatro Sérgio Cardoso
Rua Rui Barbosa, 153, Bela Vista, São Paulo/SP - 01326010

Estacionamento

R. Rui Barbosa, 163

Cafeteria

Sim

Telefone

(11) 3288-0136

E-mail

teatrosergiocardoso@amigosdaarte.org.br

L

Classificação indicativa

Classificação Livre para todas idades

Galeria de fotos
Compartilhar em

Você pode se interessar

HEBE, UMA REVISTA MUSICAL

Idealizado por Marcello Camargo, filho de Hebe, e sob a direção de Allan Oliver, renomado roteirista, diretor e produtor indicado pela revista Forbes Under 30, o espetáculo promete transportar os espectadores para os momentos mais memoráveis dos programas de Hebe, incluindo suas entrevistas marcantes no "Roda Viva", além de oferecer um vislumbre de sua vida pessoal. A atriz Fefa Moreira assume o papel de Hebe Camargo na fase adulta, trazendo à vida a essência cativante e o carisma inigualável da comunicadora. Além disso, o espetáculo conta com a participação de outros artistas renomados, como Fábio Júnior, Angélica e Rita Lee. Destinado àqueles que acompanharam os programas da apresentadora ao longo dos anos, "Hebe, Uma Revista Musical" é um espetáculo inédito, que homenageia o legado desta verdadeira rainha da televisão brasileira e promete uma experiência emocionante e envolvente.

de 08/03/2024 a 31/05/2024 minà partir de R$ 90Em cartaz
  • Quinta21h
  • Sexta21h
  • Sábado21h
Teatro Mooca Plaza Shopping

MUTAÇÃO DE APOTEOSE

Terceiro sinal, CaciIda Becker se prepara para encarnar Euclides da Cunha, devorado, estraçalhado, parindo uma Cacilda Cósmica que viaja em uma onírica odisseia pelas Eras geológicas e teatrais. “mutação de apoteose” conta uma história de travessias e metamorfoses. É o teatro em estado de feitiçaria, é uma f(r)icção cósmica que contracena personagens humanas, não humanas, elementos e forças da natureza, seres encantados, oceano cretáceo e inteligência artificial, criando uma bomba de imaginação. São algoritmos antigos de insurreição da terra criando atmosferas de linha direta com o público, em contracenação com um algoritmo colonial. Com direção de Camila Mota e dramaturgia de Cafira Zoé, “mutação de apoteose” é um spin-off vertiginoso criado a partir das dramaturgias de “Os Sertões” e “Odisseia CaciIda”, de José Celso Martinez Correa e Teat(r)o Oficina, com cenas inéditas e outras paragens, celebrando os 65 anos da Cia e a direção de Camila Mota, primeira mulher a dirigir um espetáculo do Oficina, abrindo caminhos para outras direções, como de Marília Piraju e Mayara Baptista, em ritos e shows encenados. Com 100 pessoas na ficha técnica girando a máquina dessa uzyna, “mutação de apoteose” é um espetáculo musical em 2 atos, um acontecimento feiticeiro que opera o terreyro eletrônico na sua máxima potência, desejando acender estados de mutação de apoteose dentro e fora de nós.

de 12/04/2024 a 09/06/2024150 minà partir de R$ 45Em cartaz
  • Sexta20h
  • Sábado20h
  • Domingo18h
Teatro Oficina Uzyna Uzona

ENQUANTO VOCÊ VOAVA, EU CRIAVA RAÍZES

No palco, os artistas não dizem nenhuma palavra. Nesse trânsito entre linguagens, os significados também se apresentam diversos e chegam ao público em camadas múltiplas e plurais. Um espetáculo sensorial entre sonho e realidade, em que o público é lançado a um emaranhado de sombras e luzes, diante do imensurável, da imensidão e do mistério do abismo.

de 10/05/2024 a 30/06/202455 minà partir de R$ 20Em cartaz
  • Sexta20h20h
  • Sábado20h20h
  • Domingo18h18h
  • Sexta20h20h
  • Sábado20h20h
  • Domingo18h18h
Teatro Vivo SP

Inf Busca Peças

Data
Preço

Este website armazena cookies no seu computador. Esses cookies são usados para melhorar sua experiência no site e fornecer serviços personalizados para você, tanto no website, quanto em outras mídias. Para saber mais sobre os cookies que usamos, consulte nossa Política de Privacidade

Não rastrearemos suas informações quando você visitar nosso site, porém, para cumprir suas preferências, precisaremos usar apenas um pequeno cookie, para que você não seja solicitado a tomar essa decisão novamente.