Você está na cidade de:

MENINOS

Em cartaz no espaço Garganta, em São Paulo, “Meninos” é um espetáculo sensível e afetuoso

Os muitos silêncios que compõem o espetáculo “Meninos”, em cartaz no Espaço Garganta, em São Paulo, pontuam o quanto a comunicação entre os homens é disforme. E não se pode confundir a proposta com falta de ritmo. Ao contrário, já que há nos diálogos dos personagens um medo ancorado em cada palavra, a tangenciar uma área segura para ser homem.

Na masculinidade, é comum que o dever invada outros campos da afetividade, transformando a proteção na única expressão amorosa possível. Na primeira história, dois irmãos conversam de forma despretensiosa até que um deles diz ter visto a mãe, já morta. Os três textos de “Meninos”, escritos por Lucas Mayor, Marcos Gomes e Rafael Cristiano, dialogam com “Sendo um Menino”, da pensadora Bell Hooks, cuja obra elucida como a masculinidade depende da feminilidade para florescer. As pesquisas da autora americana alcançam diversas esferas, e passam por ideias universais, como a repressão afetiva vivida pelos homens. Na primeira história, em vez de João (João Filho) ser oprimido pelo irmão (Rafael Cristiano) ao contar para ele sobre algo que está sentindo, o que se vê é um acolhimento pela fragilidade exposta de maneira tímida, mas pungente. A simplicidade da encenação – criada praticamente com figurino e luz – cria uma espécie de confessionário. O subterrâneo da cena, aquilo que os diálogos vacilantes procuram enterrar bem longe da vergonha, ficam mais puros. A raiva de não se encaixar no ideal hiper masculino cede lugar para uma trincheira de carinho.

Se “homem” é um status histórico, social e político, em muitas situações a figura do menino entra como o calibre, seja para apaziguá-los, seja para julgá-los. Ao longo do espetáculo, elementos importantes, como a cor da pele, a condição financeira ou a posição sócio cultural, ficam evidentes, mas não ao ponto de panfletar o tema. Na segunda história, por exemplo, o diálogo com a obra de Bell Hooks parece mais incisivo: a vida exigiu que eles fossem homens – ou recrutas – desde o nascimento. Um tio (Ricardo Teodoro) e o sobrinho (Lucas Laureno) falam sobre o sumiço do pai. O rap dos Racionais MC ‘s funciona como esconderijo, uma quebra nessa realidade ao mesmo tempo que afirma a saudade do tio e do sobrinho pelo irmão/pai. É uma cena forte, onde a responsabilidade masculina também ganha contornos religiosos, ancestrais.

Se nas duas primeiras partes nós vemos a vigília de um espectro racial, na última – e a mais emocionante – o passado se introjeta no futuro, criando uma ausência atemporal: em 2053, um homem vê alguém parecido com o pai e pede para que ele aja como se fosse o próprio. A cena dos dois personagens, interpretados com profunda delicadeza por Edu Guimarães e João Bourbonnais, brinca com o método da constelação familiar. Mas o que está em jogo é um tipo de acareação afetiva, uma reconstituição daquilo que é privado aos homens em nome da construção do status masculino. Não chorar, não amar, não se vestir de certas formas, não andar assim ou assado… a proibição é a herança por e para ser homem. E quando isso significa antecipar qualquer gesto, emoção ou moral com um “não”, ser um menino ganha um sentido duplo: pode ser sentença, pode ser alívio. Em “Meninos”, o foco, me parece, é na segunda opção, na delicadeza natural, na inocência, na “criança” interna que tantos homens abandonam.

Tanto os textos quanto a direção, feita por Lucas Mayor e Marcos Gomes, conservam esse traço de intimidade e acolhimento como um convite. Neste Brasil – um país infantil em quase tudo – há muitas histórias órfãs. E o teatro pode ser uma casa para encontrá-las.

Ficha Técnica:

Texto: Lucas Mayor, Marcos Gomes e Rafael Cristiano
Direção: Lucas Mayor e Marcos Gomes
Elenco: Edu Guimarães, João Bourbonnais, João Filho, Lucas Laureno, Lucas Mayor, Marcos Gomes,
Rafael Cristiano e Ricardo Teodoro
Arte do cartaz: Rafael Cristiano
Fotos: @instafontes
Produção: Grupo II

Detalhes da peça

Status

Encerrada

Temporada

De 03/03/2024 até 21/04/2024

Dias

  • Domingo20h

Duração

70 minutos

Valor

R$50 (inteira) / R$25 (meia)

Região

Centro / São Paulo

Teatro / Espaço

Espaço Garganta
R. Dr. Cesário Mota Júnior, 277, sobreloja, Vila Buarque, São Paulo/SP - 01221020

Estacionamento

Nas redondezas

Cafeteria

Não

14

Classificação indicativa

Não apropriado para menores de 14 anos

Galeria de fotos
Fotos por Mario Fontes
Compartilhar em

Você pode se interessar

TRILHA PARA AS ESTRELAS

Trilha para as Estrelas conta a história de Kellen, Cris e Cláudia, interpretadas pelas atrizes Lilian Regina, Arami Argüello e Vicka Matos. Trata-se de três amigas interessadas por ciência, poesia e fotografia que decidem acampar na encantadora e misteriosa Mata Atlântica. Ao armar a barraca em uma clareira, depois de caminharem por uma trilha cheia de emoção, diversão e desafio, as jovens buscam se proteger com numerosos apetrechos de viagem, tentando imitar o conforto que deixaram na cidade. Por fim se dão conta de que a aventura não está no que podem evitar ou capturar, mas no inesperado encontro com os animais, as plantas e até mesmo com sonhos distantes que podem transformá-las em estrelas.

de 21/04/2024 a 28/07/202460 minGratuitoEm cartaz
  • Domingo16h
Itaú Cultural

ERAM OS ATORES ASTRONAUTAS?

Atores invadem o espaço cênico, repaginando cenas clássicas de William Shakespeare e do cinema retrô como um apetitoso “milkshakespeare”, tendo como ingredientes o ofício do Ator em ações de humor.

de 04/05/2024 a 25/05/202475 minà partir de R$ 25Últimos Dias
  • Sábado21h
Teatro Paiol Cultural

PRIMEIRO HAMLET

O jovem príncipe Hamlet da Dinamarca depara-se com o espectro de seu pai, que revela que seu irmão Cláudio, tio de Hamlet, agora casado com Gertred - mãe do Príncipe, o envenenou. Atormentado com esta descoberta, Hamlet cria um plano para testar a veracidade do crime narrado pelo fantasma de seu pai e vingar seu assassinato.

de 11/05/2024 a 16/06/2024120 minà partir de R$ 15Em cartaz
  • Quinta21h
  • Sexta21h
  • Sábado21h
  • Domingo18h
Sesc Vila Mariana

Inf Busca Peças

Data
Preço

Este website armazena cookies no seu computador. Esses cookies são usados para melhorar sua experiência no site e fornecer serviços personalizados para você, tanto no website, quanto em outras mídias. Para saber mais sobre os cookies que usamos, consulte nossa Política de Privacidade

Não rastrearemos suas informações quando você visitar nosso site, porém, para cumprir suas preferências, precisaremos usar apenas um pequeno cookie, para que você não seja solicitado a tomar essa decisão novamente.