Você está na cidade de:

OPHELIA IS A-LIVE

Performance ophelia is a-live cria reflexão sobre a violência psicológica sofrida por mulheres. Trabalho apresentado pela performer Rúbia Vaz estabelece diálogo em torno da personagem Ofélia, da peça “Hamlet”, de William Shakespeare

A performer Rúbia Vaz discute gaslighting, mansrupting, mansplaning e outras tantas formas de violência psicológica sofridas por mulheres na performance ophelia is a-live, que é apresentada de maneira virtual entre os 15 de abril e 7 de maio, aos sábados e domingos, durante todo o dia.

Os interessados em assistir ao trabalho devem se inscrever por meio de um formulário publicado no perfil da atriz no Instagram @vazrubia. A cada sessão, será selecionada 1 pessoa, de acordo com a ordem de inscrição. A ação será documentada para licenciamento da obra na plataforma #CulturaEmCasa.
A atriz cria um diálogo ao redor de Ofélia, a mulher cortejada pelo príncipe Hamlet, no clássico de William Shakespeare, que se afoga depois de ter sofrido uma desilusão amorosa e de ter perdido seu pai.

Na performance, Rúbia pensa em alternativas possíveis para a narrativa dessa personagem. Através de mensagens, vídeos e ligações, as redes sociais são suporte para que a dramaturgia autoral seja compartilhada de acordo com a rotina de cada interlocutor, de modo totalmente remoto.

A ideia é que o espectador participe do trabalho ao longo do dia, da hora em que acorda até a hora em que ele vai dormir, por meio de interações feitas pela performer por mensagens de texto, chamadas de áudio e vídeo, interações nas redes sociais, e por fim – como já sugere o título da obra – uma live.

“A proposta de releitura da personagem não é em si uma inovação, visto que há tanta obras que já se propuseram a isso, mas uma tentativa de verticalizar a narrativa a partir de traços particulares da vivência da autora que utiliza como procedimento dramatúrgico a elaboração de relatos autobiográficos. Ao emprestar memórias pessoais à personagem, o material criado é impregnado de um gesto próprio levando para a cena traços da realidade, e a partir disso busca-se saturá-lo a fim de que, ao se tornar um percepto, possa contribuir para a discussão do que é universal e do que é pessoal”, explica Vaz.

A obra foi criada a partir do texto autoral “como a palavra amor sai naturalmente das nossas bocas”. E a dramaturgia original começou a ser desenvolvida por meio de uma cena curta apresentada como TCC para a pós-graduação em Artes da Cena, no Centro de Artes e Educação Célia Helena, em 2018. No ano seguinte, o material dramatúrgico foi trabalhado no Núcleo de Direção Teatral da Escola Livre de Teatro, sob orientação de Luiz Fernando Marques (Lubi).

A primeira temporada aconteceu de maneira independente e gratuita nos meses de agosto e setembro de 2020, e em dezembro do mesmo ano foi apresentada na programação “Terça Aberta”, da Cia. Fragmento de Dança.

Ficha Técnica:

Dramaturgia, direção e performance: Rúbia Vaz
Imagem, som e edição: Arthur Murtinho
Coordenação de produção: Leonardo Birche
Arte gráfica: Herbert Allucci
Assessoria de imprensa: Pombo Correio

Capacidade: 1 espectador por dia

Texto disponibilizado pela produção do espetáculo.

Detalhes da peça

Status

Encerrada

Temporada

De 15/04/2023 até 07/05/2023

Dias

sábados e domingos, durante todo o dia

Duração

minutos

Valor

Grátis, para participar é preciso se inscrever por meio do formulário disponível no link de ingressos

Região

Teatro / Espaço

CEU Tremembé
R. Adauto Bezerra Delgado,94 - Parque Casa de Pedra,22

Estacionamento

Cafeteria

Sim

E-mail

atendimento@hebraica.org.br

12

Classificação indicativa

Não apropriado para menores de 12 anos

Galeria de fotos
Compartilhar em

Inf Busca Peças

Data
Preço

Este website armazena cookies no seu computador. Esses cookies são usados para melhorar sua experiência no site e fornecer serviços personalizados para você, tanto no website, quanto em outras mídias. Para saber mais sobre os cookies que usamos, consulte nossa Política de Privacidade

Não rastrearemos suas informações quando você visitar nosso site, porém, para cumprir suas preferências, precisaremos usar apenas um pequeno cookie, para que você não seja solicitado a tomar essa decisão novamente.