Você está na cidade de:

TRÊS LUAS

Três Luas: peça traz ao palco três mulheres retratando poeticamente o universo dos círculos de mulheres e as diferentes fases da vida

Trazendo elementos do Xamanismo, Três Luas é um encontro de gerações de mulheres. A peça se passa na casa de Judith (Julianna de Brito), simbolicamente ambientada no alto de uma montanha e se inicia com os preparativos para o ritual de “Plantar a Lua” da jovem Paloma (Tarsila Teles) , quando inesperadamente recebem a visita de Helena (Rita Brafer), uma mulher que, em determinado momento da vida, desconectou-se do seu pertencimento à natureza, mas que já passou por muitos ritos naquela casa, na companhia de Judith. Helena volta ao lugar onde cresceu em um momento em que se sente perdida de si mesma e está em busca de uma reconexão com sua verdadeira natureza feminina. A partir daí, através das trocas e conversas das “três luas”, vamos desvendando os conflitos, as alegrias, o frescor, as sombras e os processos de cura interior de cada uma delas.

Ficha Técnica:

Texto e dramaturgia: Rita Brafer
Direção: Dimi Calazans
Elenco: Rita Brafer, Julianna de Brito e Tarsila Teles
Apoio ao público: Tânia Fornaciari
Figurinos e Cenário: Cia Rabo de Asno
Produção: Rita Brafer e Dimi Calazans
Trilha Sonora: Rita Brafer
Edição de áudio: Sérgio Yamamoto
Operação de som: Dimi Calazans
Iluminação: Dimi Calazans
Operação de luz: Victor Hugo Silva

Detalhes da peça

Status

Em cartaz

Temporada

De 15/06/2024 até 06/07/2024

Dias

  • Sábado20h

Duração

80 minutos

Valor

R$60 (inteira) / R$30 (meia)

Região

Zona Leste / São Paulo

Teatro / Espaço

Teatro Confraria da Paixão
R. Lopes de Oliveira,585 - Barra Funda,22

Estacionamento

Cafeteria

Sim

Telefone

(11) 98584-0558

14

Classificação indicativa

Não apropriado para menores de 14 anos

Galeria de fotos
Fotos por Divulgação
Compartilhar em

Você pode se interessar

HILDA E CAIO

Peça ficcional baseada em episódios e personagens reais. No início da década de 70, perseguido pela ditadura civil-militar em virtude de sua literatura homoerótica, Caio Fernando Abreu exila-se na Casa do Sol, residência campestre de Hilda Hilst em Campinas, antes de fugir para a Europa. Diante dos acontecimentos recentes, ele decide parar de escrever e acaba confrontado pela amiga, que, mesmo desencantada pela falta de leitores e pela crise editorial, acredita que os dois têm a missão de continuar produzindo literatura.

de 26/06/2024 a 26/06/202465 minGratuitoEm breve
  • Quarta21h
  • Quarta21h
Teatro Cacilda Becker

AQUI 1.000.000.000.000

A peça explora a complexidade da natureza, seja ela viva, exuberante ou devastada, e utiliza lugares improváveis do sistema solar e a complexidade espacial do nosso planeta como pontos de partida para uma dramaturgia performática. Com o título inspirado por sóis que brilham um trilhão de vezes mais que o nosso sol, simboliza a esperança de um futuro mais brilhante e a possibilidade de grandes transformações a partir do enfrentamento das crises atuais.

de 13/06/2024 a 14/07/2024120 minà partir de R$ 15Em cartaz
  • Quinta20h
  • Sexta20h
  • Sábado20h
  • Domingo18h
Sesc 24 de Maio

REALPOLITIK

O texto reflete o drama da Realpolitik no dia a dia do indivíduo. Após o rompimento de uma barragem com 150 vítimas, um jornalista confronta o CEO da empresa de mineração a MBS - Mineradora brasileira do Sudeste. O drama apresentado no texto busca entender o custo de uma vida no negócio das grandes corporações.

de 07/06/2024 a 30/06/202460 minà partir de R$ 50Últimos Dias
  • Sexta20h
  • Sábado20h
  • Domingo17h
Teatro B32

Inf Busca Peças

Data
Preço

Este website armazena cookies no seu computador. Esses cookies são usados para melhorar sua experiência no site e fornecer serviços personalizados para você, tanto no website, quanto em outras mídias. Para saber mais sobre os cookies que usamos, consulte nossa Política de Privacidade

Não rastrearemos suas informações quando você visitar nosso site, porém, para cumprir suas preferências, precisaremos usar apenas um pequeno cookie, para que você não seja solicitado a tomar essa decisão novamente.