Você está na cidade de:

UM JAGUAR POR NOITE

Coletivo 28 Patas Furiosas investiga os sonhos a partir da perspectiva ameríndia na peça Um Jaguar por Noite

Em “Um Jaguar por Noite”, as atrizes, os atores e a equipe técnica do 28 Patas Furiosas preparam o espaço cênico para dormir, enquanto elaboram reflexões sobre a dificuldade do sono nas cidades e se arriscam ao tentar lembrar de sonhos perdidos em suas memórias.
No plano onírico, um grupo de pessoas decide alugar uma casa no campo para celebrar algo do qual não se lembram mais. Nesta casa, as pessoas são surpreendidas pela noite, e veem o encontro festivo ganhar contornos oníricos que entortam a realidade: a casa se desloca para um cemitério, cruza com dois rios e leva as pessoas para o topo de uma montanha rodeada por uma onça.

Ficha Técnica:

Idealização e realização – 28 Patas Furiosas
Dramaturgia: 28 Patas Furiosas e Tadeu Renato
Encenação, cenário e luz: Wagner Antônio
Texto: Tadeu Renato
Atuação: Isabel Wolfenson, Maíra do Nascimento, Pedro Stempniewski, Sofia Botelho e Valéria Rocha
Música: Júlia Ávila
Figurino: Valentina Soares
Colaboração no trabalho vocal: Natália Nery
Arte gráfica: Julia Valiengo
Direção técnica e assistência de direção: Dimitri Luppi
Equipe técnica e assistência de iluminação/ cenografia: Camila Refinetti, Felipe Fly, Leo Sousa, Letícia Nanni e Lucas JP Santos
Registro em foto: Helena Wolfenson
Registro em vídeo: Marcos Yoshi
Assessoria de imprensa: Canal Aberto – Márcia Marques e Daniele Valério
Mídias sociais: Tadeu Ramos
Produção: Lud Picosque – Corpo Rastreado

 

*Nos dias 21, 22, 23, 28, 29 e 30 – apresentações com interpretação em LIBRAS

Detalhes da peça

Status

Últimos Dias

Temporada

De 14/06/2024 até 30/06/2024

Dias

  • Sexta21h
  • Sábado21h
  • Domingo18h

Duração

90 minutos

Valor

R$30 (inteira) / R$15 (meia)

Região

Centro / São Paulo

Teatro / Espaço

Espaço 28
Rua Anhaia,987 - Bom Retiro,17

Estacionamento

Cafeteria

Sim

L

Classificação indicativa

Classificação Livre para todas idades

Galeria de fotos
Fotos por Camila Rios,Helena Wolfenson
Compartilhar em

Você pode se interessar

BÓRIS NÃO ESTÁ PRONTO

Bóris não é um indivíduo, Bóris não é um personagem, Bóris não é uma pessoa. Boris é o nome que encontramos para batizar todos os homens. Bóris é a síntese da masculinidade, um ser inacabado. O fato de 'não estar pronto' marca a esperança e seu caráter histórico, marca sua precariedade e errância. Esta negação dirige-se a possível interlocução que espera ou vaticina a finitude da masculinidade como algo rotulável e estanque. Não se trata de exaltação ou condenação, mas do mergulho humanizador nas crostas brutalizadas e, ao mesmo tempo, frágeis do mundo dos homens. “Bóris” é um vir a ser, algo em movimento, em busca de um encontro. Quatro atores se dividem em cena para apresentar fragmentos de situações exemplares da construção do ser homem, do imaginário e da cultura machista. Com foco nas fragilidades do homem, na tortura do machismo sobre a masculinidade e nas consequências da perpetuação desta mazela social e histórica, a peça se ampara na forma lírica e épica. Abre mão de personagens fixos e opta pela profusão de tipos que compõem um mosaico do macho.

de 07/06/2024 a 06/07/202465 minGratuitoEm cartaz
  • Sexta20h
  • Sábado20h
CDC Vento Leste

ENTRE FRANCISCOS, O SANTO E O PAPA

"Entre Franciscos, O Santo e O Papa” mostra o Papa Francisco preocupado e cansado dos problemas do cotidiano. Ele entra na lavanderia do Vaticano, local que mandou construir para a população de rua e encontra um homem. Inicialmente, ele não percebe, mas este homem é São Francisco de Assis e, aos poucos, o diálogo entre essas duas icônicas figuras vai revelando dores, incertezas, mas também amores, fé e reflexões sobre os grandes dilemas da humanidade.

de 10/05/2024 a 30/06/202470 minà partir de R$ 40Últimos Dias
  • Sexta18h
  • Sábado18h
  • Domingo18h
Teatro Sérgio Cardoso

DAQUI NINGUÉM ME TIRA

"Daqui Ninguém Me Tira" mergulha nas tensões geracionais e ideológicas, buscando inspiração no caos urbano para criar uma fusão entre marchinhas de carnaval e hits da música pop, refletindo os fragmentos de um passado já distante. A presença da banda ao vivo estabelece o ritmo de um bloco de carnaval fora de época, mas também anuncia o desfecho inevitável. Trágico e cômico "Daqui Ninguém Me Tira" é um ensaio sobre nossa capacidade (ou falta dela) de conviver com o outro, e a inabilidade de lidar com os conflitos que permeiam as relações humanas.

de 17/05/2024 a 28/06/202475 minà partir de R$ 30Últimos Dias
  • Sexta19h
Teatro Sabesp Frei Caneca

Inf Busca Peças

Data
Preço

Este website armazena cookies no seu computador. Esses cookies são usados para melhorar sua experiência no site e fornecer serviços personalizados para você, tanto no website, quanto em outras mídias. Para saber mais sobre os cookies que usamos, consulte nossa Política de Privacidade

Não rastrearemos suas informações quando você visitar nosso site, porém, para cumprir suas preferências, precisaremos usar apenas um pequeno cookie, para que você não seja solicitado a tomar essa decisão novamente.