Você está na cidade de:

BONNIE & CLYDE

Musical “Bonnie & Clyde” estreia montagem brasileira no 033 Rooftop do Teatro Santander, em São Paulo

 Com Eline Porto, Beto Sargentelli, Adriana Del Claro, Claudio Lins e grande elenco, a produção, inédita na América Latina e que estreia junto com a montagem de sucesso do West End, conta com proposta sensorial e um Ford – V8 original.

A história de amor bandido mais famosa de todos os tempos, vivida pelo casal que ficou conhecido por aterrorizar os EUA na década de 1930, ganhará palco brasileiro com a montagem inédita de “Bonnie & Clyde”. Produzida pela Del Claro Produções (Sweeney Todd; Chaves – um tributo musical; Natasha, Pierre e o Grande Cometa de 1812) e H Produções Culturais (Nautopia – O Musical e Os Últimos 5 Anos), o musical é apresentado por Ministério da Cultura, com patrocínio de Esfera e Santander Seguros e Previdência, e estreia pela primeira vez na América Latina dia 10 de março no 033 Rooftop do Teatro Santander, localizado no Complexo JK Iguatemi, em São Paulo, sob a direção de João Fonseca, a direção musical de Thiago Gimenes e a coreografia de Keila Bueno. Os ingressos podem ser adquiridos no site da Sympla ou na bilheteria local.

Baseado na audácia e na absurdidade dos célebres gângsteres, a história baseou o filme “Bonnie & Clyde – Uma Rajada de Balas”, dirigido por Arthur Penn em 1967, com Faye Dunaway e Warren Beatty, no qual foi inspirada a obra teatral com músicas de Frank Wildhorn (Jekyll & Hyde), letras de Don Black (Sunset Boulevard) e libreto de Ivan Menchell. A adaptação estreou em San Diego em 2009, chegando à Broadway em 2011, e conquistou duas indicações ao Tony Awards, além de três ao Outer Critics Circle Awards e cinco ao Drama Desk Awards, ambos incluindo Melhor Novo Musical. Em 2022 contou com uma temporada de ingressos esgotados no West End de Londres, onde reestreia em março, quase que simultaneamente com a montagem brasileira.

O MUSICAL

Movidos por paixão, ambição e adrenalina, as vidas de Bonnie Parker e Clyde Barrow se cruzam pela primeira vez em uma lanchonete, onde a garçonete conhece o “delinquente de berço”, por quem se vê seduzida a embarcar em um mundo de viagens e crimes, entre fugas e prisões, carros roubados, armas e charutos, assaltos a postos de gasolina, pequenos comerciantes e grandes bancos, sem imaginar que, pouco tempo depois, se tornariam um retrato histórico da Grande Depressão, período marcado pela crise econômica e social americana, que levou muitas pessoas a cometerem delitos em função do desespero e revolta, e a enxergar a dupla como figuras heroicas.

Enquanto Bonnie, vivida por Eline Porto, almeja alcançar o sucesso como artista e poetisa, Clyde, vivido por Beto Sargentelli, é um fissurado por carros que sonha viver sem se preocupar com dinheiro. Juntos eles somam forças em uma luta declarada contra o sistema, e instigados por um desejo de vingança, caem na estrada sem rumo, mas mantendo sempre o contato com parte da Gangue Barrow, formada também pelo irmão bandoleiro de Clyde, Buck, vivido por Claudio Lins, e a cunhada Blanche, vivida por Adriana Del Claro – que faz deste o seu retorno aos holofotes.

Desafiando as autoridades, após dois anos de aventuras na contramão da polícia, o banditismo romântico só chega ao fim no dia 23 de maio de 1934, após serem delatados por um infiltrado na gangue. O casal fora da lei, que nunca demonstrou receio de apertar gatilhos e disparar contra quem cruzasse seu caminho, acaba capturado em uma emboscada armada na estrada de Louisiana, sul dos EUA, e executado com dezenas de tiros, o mesmo acontece com o carro, atingido por mais de 100 balas de diversos calibres, em uma operação comandada pelo capitão Frank Hamer, um Texas Ranger aposentado vivido por Renato Caetano, e que retorna ao posto como um reforço da caçada.

O elenco se completa com um time talentoso, que mescla nomes já conhecidos dos palcos com novos rostos que despontam na cena teatral: Aline Cunha (Eleanore), Aurora Dias (Cumie Barrow), Bruna Estevam (jovem Bonnie), Davi Novaes (cover de jovem Clyde e swing), Elá Marinho (Governadora Ferguson), Gui Giannetto (Pastor), Lara Suleiman (cover de jovem Bonnie e swing), Mariana Gallindo (Emma Parker), Oscar Fabião (Xerife Schmidt), Pedro Navarro (Ted), Rafael de Castro (Henry Barrow), Thiago Perticarrari (Delegado Johnson) e Yudchi Taniguti (jovem Clyde).

 Com uma equipe de criativos renomada e conhecida das grandes premiações do gênero, os figurinos levam a assinatura de João Pimenta, o design de som de Tocko Michelazzo e o design de luz de Paulo Cesar Medeiros. Já a cenografia é de Cesar Costa e o visagismo de Marcos Padilha. A produção conta ainda com versões assinadas pelo indicado ao Prêmio Bibi Ferreira 2022, Rafael Oliveira (Musical em bom português), responsável por traduzir o texto e as 22 canções, repletas de elementos do country, western, blues e pop da Broadway.

DETALHES DE PRODUÇÃO

O trio de atores-produtores que se divide em dupla função à frente desta superprodução, é composto por Adriana Del Claro, Beto Sargentelli e Eline Porto, que se uniram no desafio de fazer dessa uma montagem única, considerando toda a sua concepção diferenciada e imersiva, já conhecida do local de apresentação, que vai desde a acomodação da plateia até o cardápio temático, oferecido pelo serviço de Bar assinado pelo Chef exclusivo do 033 Rooftop do Teatro Santander, Mario Azevedo.

E visando proporcionar uma experiência ainda mais completa, para além do palco, em 2022, o trio viajou até Curitiba em busca da carcaça original de um Ford V8, igual aos utilizados pelos personagens reais da história. O carro foi restaurado para ficar idêntico ao modelo original – em situação de pós captura -, hoje exposto em Las Vegas. O V8 será uma réplica exclusiva, recriada especialmente para o espetáculo, e estará exposta, de forma acessível ao público, em um espaço instagramável.

Texto disponibilizado pela produção do espetáculo.

Detalhes da peça

Status

Encerrada

Temporada

De 10/03/2023 até 14/05/2023

Dias

sex 20h / sáb 15h30 e 20h / dom 15h30 e 20h

Duração

130 minutos

Valor

Setor VIP R$ 250,00 (inteira) - R$ 125,00 (meia) | Setor 1 R$ 220,00 (inteira - R$110,00 (meia) | Setor 2: R$ 75,00 (inteira) - R$ 37,50 (meia)

Região

Zona Sul / São Paulo

Teatro / Espaço

033 Rooftop do Teatro Santander
Av. Pres. Juscelino Kubitschek, 2041 , Vila Olímpia , São Paulo/SP - 04543-011

Estacionamento

Estacionamento local

Cafeteria

Sim

Telefone

(11) 4810-6868

E-mail

sac@teatrosantander.com.br

16

Classificação indicativa

Não apropriado para menores de 16 anos

Galeria de fotos
Fotos por Stephan Solon
Compartilhar em

Você pode se interessar

ENQUANTO VOCÊ VOAVA, EU CRIAVA RAÍZES

No palco, os artistas não dizem nenhuma palavra. Nesse trânsito entre linguagens, os significados também se apresentam diversos e chegam ao público em camadas múltiplas e plurais. Um espetáculo sensorial entre sonho e realidade, em que o público é lançado a um emaranhado de sombras e luzes, diante do imensurável, da imensidão e do mistério do abismo.

de 10/05/2024 a 30/06/202455 minà partir de R$ 20Em cartaz
  • Sexta20h20h
  • Sábado20h20h
  • Domingo18h18h
  • Sexta20h20h
  • Sábado20h20h
  • Domingo18h18h
Teatro Vivo SP

A RAINHA ONÇA

Luna é uma onça com poderes mágicos que está prestes a assumir o lugar de sua mãe: a Rainha Marica. Elas vivem em um Pantanal encantado com arvores vivas, animais de todas as espécies e muitas aves que colore tudo com suas cores e cantos. Luna acaba de completar 12 anos e vai ser apresentada a todos da reserva em que vivem, pois, ao nascer ficou escondida por ser especial e há anos não nascia uma onça especial na reserva e que poderia ser a nova rainha, a nova líder maior do seu reino animal. O nascimento de Luna foi difícil, e um fato raro. Por isso ela precisou ficar escondida, tendo como guardião o Tui, um Tuiuiú muito atrapalhado e desatento, que deve fazer de tudo para que nada aconteça a próxima rainha. Mas tudo dá errado quando Luna, curiosa, sai para conhecer a sua reserva e é capturada por um caçador cruel que a prende no Circo Malvadoso S\A. É quando sua mãe sai para resgatá-la.

de 20/04/2024 a 09/06/202460 minà partir de R$ 15Em cartaz
  • Sábado15h
  • Domingo15h
Casa de Artes SP

HEBE, UMA REVISTA MUSICAL

Idealizado por Marcello Camargo, filho de Hebe, e sob a direção de Allan Oliver, renomado roteirista, diretor e produtor indicado pela revista Forbes Under 30, o espetáculo promete transportar os espectadores para os momentos mais memoráveis dos programas de Hebe, incluindo suas entrevistas marcantes no "Roda Viva", além de oferecer um vislumbre de sua vida pessoal. A atriz Fefa Moreira assume o papel de Hebe Camargo na fase adulta, trazendo à vida a essência cativante e o carisma inigualável da comunicadora. Além disso, o espetáculo conta com a participação de outros artistas renomados, como Fábio Júnior, Angélica e Rita Lee. Destinado àqueles que acompanharam os programas da apresentadora ao longo dos anos, "Hebe, Uma Revista Musical" é um espetáculo inédito, que homenageia o legado desta verdadeira rainha da televisão brasileira e promete uma experiência emocionante e envolvente.

de 08/03/2024 a 31/05/2024 minà partir de R$ 90Em cartaz
  • Quinta21h
  • Sexta21h
  • Sábado21h
Teatro Mooca Plaza Shopping

Inf Busca Peças

Data
Preço

Este website armazena cookies no seu computador. Esses cookies são usados para melhorar sua experiência no site e fornecer serviços personalizados para você, tanto no website, quanto em outras mídias. Para saber mais sobre os cookies que usamos, consulte nossa Política de Privacidade

Não rastrearemos suas informações quando você visitar nosso site, porém, para cumprir suas preferências, precisaremos usar apenas um pequeno cookie, para que você não seja solicitado a tomar essa decisão novamente.