Você está na cidade de:

BÓRIS NÃO ESTÁ PRONTO

O espetáculo Bóris não está pronto apresenta o universo masculino por meio de poesias, metáforas e pancadaria.

Bóris não é um indivíduo, Bóris não é um personagem, Bóris não é uma pessoa. Boris é o nome que encontramos para batizar todos os homens. Bóris é a síntese da masculinidade, um ser inacabado. O fato de ‘não estar pronto’ marca a esperança e seu caráter histórico, marca sua precariedade e errância. Esta negação dirige-se a possível interlocução que espera ou vaticina a finitude da masculinidade como algo
rotulável e estanque. Não se trata de exaltação ou condenação, mas do mergulho humanizador nas crostas brutalizadas e, ao mesmo tempo, frágeis do mundo dos homens. “Bóris” é um vir a ser, algo em movimento, em busca de um encontro. Quatro atores se dividem em cena para apresentar fragmentos de situações exemplares da construção do ser homem, do imaginário e da cultura machista. Com foco nas fragilidades do homem, na tortura do machismo sobre a masculinidade e nas consequências da perpetuação desta mazela social e histórica, a peça se ampara na forma lírica e épica. Abre mão de personagens fixos e opta pela profusão de tipos que compõem um mosaico do macho.

Ficha Técnica:

DIREÇÃO: Luciano Carvalho
ATUAÇÃO: Tiago Mine, Cristiano Carvalho, João Alves, Fernando Couto
VOZES EM OFF: Erika Viana, Tati Matos, Camila Grande
ILUMINAÇÃO E TÉCNICA DE SOM: João Alves
DRAMATURGISTAS: Tiago Mine, Luciano Carvalho
PRODUÇÃO: Erika Viana
APOIO DE PRODUÇÃO: Coletivo Dolores Boca Aberta Mecatrônica de Artes

Detalhes da peça

Status

Encerrada

Temporada

De 07/06/2024 até 06/07/2024

Dias

  • Sexta20h
  • Sábado20h

Duração

65 minutos

Valor

Gratuito

Região

São Paulo /

Teatro / Espaço

CDC Vento Leste
R. Dr. Frederico Brotero,60 - Próximo ao Metrô Patriarca - Cidade Patriarca,22

Estacionamento

No Local

Cafeteria

Não

Telefone

(11) 95652-2601

E-mail

doloresbocaaberta@gmail.com

16

Classificação indicativa

Não apropriado para menores de 16 anos

Galeria de fotos
Fotos por Divulgação
Compartilhar em

Você pode se interessar

AMOR E OUTRAS REVOLUÇÕES

Aynah e Luzia estão de casamento marcado e ainda possuem dúvidas se se casam ou não. Uma viagem em suas próprias histórias ocupa o centro da cena e as fazem iniciar suas verdadeiras revoluções a respeito do amor e da falta dele.

de 24/07/2024 a 24/07/202470 minGratuitoEm breve
  • Quarta21h
Teatro Alfredo Mesquita

SANGUE

Carin e Cesar Santo estão ensaiando "Sangue", peça de Aponti, genial autor francês já falecido, quando Victor, irmão de Aponti, revoga a permissão para realizar o projeto, sem qualquer explicação e em caráter irrevogável. Em paralelo, no interior da França, vemos Leon, diretor francês apaixonado pelo Brasil e ex-namorado de Carin, convencendo seu amigo Victor a bloquear os direitos da montagem brasileira. Ele alega que Carin plagiou seu projeto e sugere que o amigo assuma a direção dessa montagem. Leon viajaria com ele, trabalhando como cenógrafo e intérprete idiomático. Victor então condiciona a liberação do texto à participação dos dois no projeto.

de 08/08/2024 a 15/09/2024100 minà partir de R$ 15Em breve
  • Quinta19h
  • Sexta19h
  • Sábado17h
  • Domingo17h
CCBB SP- Centro Cultural Banco do Brasil São Paulo

SHAKESPEARE APAIXONADO

A peça, que tem origem no filme homônimo – com Joseph Fiennes, Gwyneth Paltrow e Judi Dench – tem adaptação original para os palcos de Lee Hall, um dos mais premiados autores ingleses da atualidade e responsável também pelo roteiro de Billy Elliot, vencedor do Tony Award de Melhor Texto de um Musical em 2009. Antes de chegar a São Paulo, Shakespeare Apaixonado ganhou produções encenadas em Londres, Nova York, Japão e África do Sul, sempre com grande êxito de público e crítica. "A adaptação teatral de Lee Hall expande o drama romântico do filme e cria uma obra que precisa ser conhecida pelo público brasileiro. Ao lado da trama amorosa, se ergue uma comédia de época, muito divertida e sofisticada", comenta Rafael Gomes. "Um espetáculo de raro dinamismo e grandiosidade, em uma produção teatral com 22 atores em cena e que merece ser vista por seu ineditismo", completa o diretor vencedor dos prêmios APCA e Shell. Um trio de renome encabeça o elenco: Rodrigo Simas interpretará um jovem cheio de sonhos, William Shakespeare, que, após um bloqueio criativo, encontra na aristocrata Viola de Lesseps (representada nesta montagem por Carla Salle) sua musa inspiradora. Lady Viola, por ser comprometida e também por não poder exercer o ofício de atriz, se veste em trajes masculinos para participar dos ensaios junto a Shakespeare, visto que, naquela época, as mulheres não tinham permissão para atuar. O trio se completa com a grande atriz Ana Lúcia Torre, que interpreta a Rainha Elizabeth I.

de 02/08/2024 a 22/09/2024150 minà partir de R$ 19Em breve
  • Quinta19h30
  • Sexta19h30
  • Sábado15h e 19h30
  • Domingo15h e 19h30
033 Rooftop do Teatro Santander

Inf Busca Peças

Data
Preço

Este website armazena cookies no seu computador. Esses cookies são usados para melhorar sua experiência no site e fornecer serviços personalizados para você, tanto no website, quanto em outras mídias. Para saber mais sobre os cookies que usamos, consulte nossa Política de Privacidade

Não rastrearemos suas informações quando você visitar nosso site, porém, para cumprir suas preferências, precisaremos usar apenas um pequeno cookie, para que você não seja solicitado a tomar essa decisão novamente.