Você está na cidade de:

HOMENS NO DIVÃ

10 anos em cartaz, a comédia Homens no Divã faz curta temporada no Teatro  Arthur Azevedo

Darson Ribeiro vive o executivo Frederico Freitas Fernandes, que enfrenta a decepção da traição num casamento de 18 anos. Perturbado e deslocado na nova condição de solteiro-solitáriotraído, busca a identidade perdida descoberta pela manipulação da esposa Marjorie. Os amigos passam a ter papel decisivo em sua metamorfose, da mudança radical no se vestir a lugares inimagináveis – onde as situações inusitadas e engraçadas vêm à tona. Guilherme Chelucci é o bombeiro sedutor Renato Paes de Barros Seabra, rústico e machista. Foi parar no divã achando que era um truque para convencer a amada de que “amor é amor e sexo é sexo”. Gustavo Merighi é o ginecologista Carlos Eduardo Carrara Travertino, cujo alto grau de narcisismo o impede de perceber o mundo feminino à sua volta, principalmente da mulher que ama. A conversa entre os três o faz entrar em contato com sentimentos e emoções jamais explorados.

Ficha Técnica:

Texto: Miriam Palma (título original Desesperados).
Idealização e Direção geral: Darson Ribeiro.
Elenco: Guilherme Chelucci, Gustavo Merighi e Darson Ribeiro.
Voz da psicanalista: Marília Gabriela
Voz da secretária: Cecilia Arienti
Cenografia, trilha, luz e figurino: Darson Ribeiro.
Assessoria de Imprensa: Arteplural/ Fernanda Teixeira, Macida Joachim, Maurício Barreira.
Camarim e Assistência Geral: Bianca Arcanjo e Marco Alvarenga
Fotos: Moisés Pazianotto
Coordenação e Montagem de Palco: Rodrigo Souza
Operação de Luz e de Som: Henrique Polli
Tapetes By Kamy e Persianas Hunter Douglas/Casa Mineira especialmente confeccionados.
Realização: DR PRODUÇÕES TEATRO-D.

Detalhes da peça

Status

Encerrada

Temporada

De 26/01/2024 até 18/02/2024

Dias

  • Sexta21h
  • Sábado21h
  • Domingo19h
  • Sexta21h
  • Sábado21h
  • Domingo19h

Duração

90 minutos

Valor

R$40 (inteira) / R$20 (meia)

Região

São Paulo /

Teatro / Espaço

Teatro Arthur Azevedo
Avenida Paes de Barros, 955, Alto da Mooca, São Paulo/SP - 03115020

Estacionamento

No Local

Cafeteria

Sim

Telefone

(11) 2604-5558

E-mail

teatroaa952@gmail.com

12

Classificação indicativa

Não apropriado para menores de 12 anos

Galeria de fotos
Fotos por Moises Pazianotto
Compartilhar em

Você pode se interessar

TERRAPRETA A PEÇA (SONHO)

TERRAPRETA A PEÇA (Sonho) é um espetáculo de teatro inédito, inspirado em histórias originárias do Alto Xingu, e no livro Terrapreta, de Rita Carelli, obra vencedora do Prêmio São Paulo de Literatura 2022, que segundo Ailton Krenak “se revela um romance de formação para leitores que vislumbram outras cartografias do país, um livro para quem ainda não sabe o que é o Brasil”. Indígenas do Alto Xingu das etnias Kamayura e Yawalapiti, e artistas da cena teatral de São Paulo se unem na criação de um espetáculo único.

de 20/06/2024 a 30/06/202475 minà partir de R$ 15Em breve
  • Quarta20h30
  • Quinta20h30
  • Sexta20h30
  • Sábado20h30
  • Domingo19h
Espaço Parlapatões

O CONTROLE

O espetáculo “O Controle” é uma reflexão sobre a liberdade individual em tempos de ascensão dos mecanismos de controle coletivo. Onde está a fronteira entre o aperfeiçoamento das regras civilizatórias e as tentações totalitárias de controle central. A super conexão entre indivíduos de todo planeta por meio da tecnologia digital pode ser libertadora ou aprisionadora. Estaríamos caminhando para uma espécie de “unificação das mentes”?

de 01/06/2024 a 29/06/202455 minà partir de R$ 40Em cartaz
  • Sexta21h
  • Sábado21h
Teatro Metrô Tatuapé Shopping

BÓRIS NÃO ESTÁ PRONTO

Bóris não é um indivíduo, Bóris não é um personagem, Bóris não é uma pessoa. Boris é o nome que encontramos para batizar todos os homens. Bóris é a síntese da masculinidade, um ser inacabado. O fato de 'não estar pronto' marca a esperança e seu caráter histórico, marca sua precariedade e errância. Esta negação dirige-se a possível interlocução que espera ou vaticina a finitude da masculinidade como algo rotulável e estanque. Não se trata de exaltação ou condenação, mas do mergulho humanizador nas crostas brutalizadas e, ao mesmo tempo, frágeis do mundo dos homens. “Bóris” é um vir a ser, algo em movimento, em busca de um encontro. Quatro atores se dividem em cena para apresentar fragmentos de situações exemplares da construção do ser homem, do imaginário e da cultura machista. Com foco nas fragilidades do homem, na tortura do machismo sobre a masculinidade e nas consequências da perpetuação desta mazela social e histórica, a peça se ampara na forma lírica e épica. Abre mão de personagens fixos e opta pela profusão de tipos que compõem um mosaico do macho.

de 07/06/2024 a 06/07/202465 minGratuitoEm cartaz
  • Sexta20h
  • Sábado20h
CDC Vento Leste

Inf Busca Peças

Data
Preço

Este website armazena cookies no seu computador. Esses cookies são usados para melhorar sua experiência no site e fornecer serviços personalizados para você, tanto no website, quanto em outras mídias. Para saber mais sobre os cookies que usamos, consulte nossa Política de Privacidade

Não rastrearemos suas informações quando você visitar nosso site, porém, para cumprir suas preferências, precisaremos usar apenas um pequeno cookie, para que você não seja solicitado a tomar essa decisão novamente.