Você está na cidade de:

MUJER DE PIEDRA

7a. edição do Festival Internacional de Teatro de grupo Knots.Nudos.Nós EDIÇÃO KILOMBO

Doña Luz María é a mulher de pedra, que no julgamento por tentativa de homicídio que enfrenta contra a polícia municipal, podemos reconhecer os problemas sociais de nossos camponeses em suas terras e na capital, onde chegam com a promessa de dias melhores para suas famílias. Essas são histórias de mulheres de uma cidade que, por acaso, são de toda a América Latina.

Ficha Técnica:

IDEIA ORIGINAL , DRAMATURGIA e INTERPRETAÇÃO: Noemi Laines
CO-DRAMATURGIA E DIREÇÃO: Carlos Quito
FOTOGRAFIA:  Cinthya Guaña
ILUMINAÇÃO: Dabata Oña
GRUPO: UKUMBI TEATRO
@knots.nudos.nos
@ukumbi_noa
ORIGEM: QUITO- EQUADOR

Detalhes da peça

Status

Encerrada

Temporada

De 16/07/2024 até 16/07/2024

Dias

  • Terça20h30

Duração

minutos

Valor

Gratuito

Região

Centro / São Paulo

Teatro / Espaço

Centro Cultural Olido - Galeria Olido
Av. São João, 473, Do térreo ao 2º andar, Centro Histórico de São Paulo, São Paulo/SP - 01035000

Estacionamento

Nas redondezas

Cafeteria

Sim

Telefone

(11) 3331-8399

E-mail

ccolido.curadoria@gmail.com

14

Classificação indicativa

Não apropriado para menores de 14 anos

Galeria de fotos
Fotos por Divulgação,BERNNIE NAVARRETE
Compartilhar em

Você pode se interessar

SOMOS TÃO JOVENS: OS NÚMEROS E A VIDA

A peça propõe associações entre comportamentos comuns na adolescência, como as inquietações existenciais, a utilização de tecnologias digitais e a rebeldia social, com questões e jogos matemáticos. Ao mesmo tempo mostra mecanismos de solidariedade e o papel positivo que o teatro pode desempenhar.

de 02/08/2024 a 04/08/202460 minà partir de R$ 12Em breve
  • Sexta20h
  • Sábado19h
  • Domingo18h30
  • Sexta20h
  • Sábado19h
  • Domingo18h30
Sesc Santo Amaro

AS QUE VIERAM ANTES DE NÓS

Mostrando cultura, lutas, tradições, canções, ancestralidades e curiosidades, quatro atrizes e cantoras do grupo contam histórias de quatro mulheres históricas do nosso país. Juntam a cultura brasileira que contém músicas ao vivo que manifestam palavras de revolução, cirandas e de guerrilhas, com histórias que protagonizam mulheres fortes, importantes e que não devem nunca ser esquecidas. As contações são como um acalanto e preservação de memória, como uma carta de amor à essas mulheres que colaboraram com nossa emancipação, empoderamento e justiça. As mulheres homenageadas dessa série de contações são: Clementina de Jesus, Ada Rogato, Yumiko Kanayama e Nise da Silveira.

de 13/07/2024 a 28/07/202450 minGratuitoÚltimos Dias
  • Sábado16h
  • Domingo16h
Sesc 24 de Maio

NÃO FOSSEM AS SÍLABAS DO SÁBADO

Ana e Madalena são vizinhas, moram no mesmo prédio, mas mal se conheciam até um fato trágico marcar a vida das duas e mudar os rumos de suas histórias. O marido de Madalena, ao pular da janela, desaba justamente sobre o marido de Ana. E, a partir disto, o que as une é o que as separa. Na rotina das ausências, as duas viúvas vão se aproximando: atravessam a dor, a chegada de uma criança, as agruras do recomeço. Nasce uma amizade, que talvez expanda o que se entende por família. Não fossem as sílabas do sábado é uma adaptação teatral do romance homônimo de Mariana Salomão Carrara.

de 05/07/2024 a 04/08/202480 minà partir de R$ 12Em cartaz
  • Sexta20h
  • Sábado20h
  • Domingo18h30
Sesc Belenzinho

Inf Busca Peças

Data
Preço

Este website armazena cookies no seu computador. Esses cookies são usados para melhorar sua experiência no site e fornecer serviços personalizados para você, tanto no website, quanto em outras mídias. Para saber mais sobre os cookies que usamos, consulte nossa Política de Privacidade

Não rastrearemos suas informações quando você visitar nosso site, porém, para cumprir suas preferências, precisaremos usar apenas um pequeno cookie, para que você não seja solicitado a tomar essa decisão novamente.