Você está na cidade de:

PARIS

Montagem, com a Studio3 Cia. de Dança, mescla dança, teatro, canto e vídeo-projeções

Conhecido nos grandes Teatros do país, Jorge Takla marcou a história dos palcos brasileiros e do mundo
dirigindo óperas e musicais de estrondoso sucesso. O diretor encena agora ‘Paris’ junto à Studio 3 Cia
de Dança, com direção coreográfica do renomado Anselmo Zolla. A obra de teatro-dança desfila em
uma coreografia surpreendente a arte de grandes personagens históricos da arte do século XX que
viveram em Paris, tais como Vaslav Nijinsky, Igor Stravinsky, Cole Porter, Gabrielle Chanel, Isadora
Duncan, Marlene Dietrich, Josephine Baker, Pablo Picasso, Tamara Karsavina e Boris Kochno, tendo
como pano de fundo amores, polêmicas e eventos históricos (guerras, censuras, derrocadas) que
marcaram sua arte.

Ficha Técnica:

Concepção e direção: Jorge Takla
Direção coreográfica: Anselmo Zolla
Cenografia: Renata Pati
Figurinos: Fábio Namatame
Direção musical: Felipe Venancio
Iluminação: Joyce Drummond
Criação de vídeos: Ronaldo Zero
Elenco Studio3 Cia. de Dança: André Neri, Artemis Bastos, Dilenia Reis, Fernando Rocha, Jefferson
Damasceno, Joaquim Tomé, Jurandir Rodrigues, Kauê Ribeiro, Kênia Genaro, Mara Mesquita, Naia
Rosa, Paula Miessa e Vera Lafer.
Relações Públicas/ Convidados: Liège Monteiro e Luiz Fernando Coutinho
Assessoria de imprensa: Liège Monteiro e Luiz Fernando Coutinho

Detalhes da peça

Status

Encerrada

Temporada

De 05/03/2024 até 06/03/2024

Dias

  • Terça20h
  • Quarta20h

Duração

60 minutos

Valor

Gratuito - Ingressos na bilheteria 2h antes do espetáculo

Região

Centro / São Paulo

Teatro / Espaço

MASP Auditório
Avenida Paulista, 1578, Bela Vista, São Paulo/SP - 01310200

Estacionamento

Conveniado CAR PARK - Alameda Casa Branca, 41 - Bela Vista - São Paulo - SP

Cafeteria

Sim

Telefone

(11) 3149-5959

E-mail

auditorios@masp.org.br

10

Classificação indicativa

Não apropriado para menores de 10 anos

Galeria de fotos
Fotos por Divulgação
Compartilhar em

Você pode se interessar

MAR INQUIETO

A pesquisa de “Mar Inquieto” nasceu às margens do Atlântico, na Bahia, em 2011, no rastro do devastador Tsunami que atingiu o Japão levando, com sua magnitude, incontáveis vidas e o sentido de ordem, segurança e bem estar. No dia seguinte à tragédia de proporções monumentais, o coreógrafo japonês Tadashi Endo, durante seu laboratório de Butoh ao qual a artista participava, preferiu dançar para o grupo.

de 11/04/2024 a 13/04/202455 minGratuitoÚltimos Dias
  • Quinta19h30
  • Sexta19h30
  • Sábado18h
Oficina Cultural Oswald de Andrade

MERCÚRIO

O poema Fevereiro, escrito e declamado pela poetisa portuguesa Matilde Campilho, é o ponto de partida e a inspiração para o espetáculo Mercúrio, criação idealizada por Luiz Oliveira. A voz da autora declamando o poema percorre a coreografia em diferentes momentos. A obra em cena é uma dança que revela intenções múltiplas sobre uma relação de amor, com suas inúmeras possibilidades. Na apresentação, intérpretes, espectadores e a poetisa são envolvidos em uma coreografia que conecta a poesia com a dança contemporânea.

de 12/04/2024 a 14/04/202445 minà partir de R$ 12Últimos Dias
  • Sexta20h
  • Sábado20h
  • Domingo17h
Sesc Belenzinho

MUTAÇÃO DE APOTEOSE

Terceiro sinal, CaciIda Becker se prepara para encarnar Euclides da Cunha, devorado, estraçalhado, parindo uma Cacilda Cósmica que viaja em uma onírica odisseia pelas Eras geológicas e teatrais. “mutação de apoteose” conta uma história de travessias e metamorfoses. É o teatro em estado de feitiçaria, é uma f(r)icção cósmica que contracena personagens humanas, não humanas, elementos e forças da natureza, seres encantados, oceano cretáceo e inteligência artificial, criando uma bomba de imaginação. São algoritmos antigos de insurreição da terra criando atmosferas de linha direta com o público, em contracenação com um algoritmo colonial. Com direção de Camila Mota e dramaturgia de Cafira Zoé, “mutação de apoteose” é um spin-off vertiginoso criado a partir das dramaturgias de “Os Sertões” e “Odisseia CaciIda”, de José Celso Martinez Correa e Teat(r)o Oficina, com cenas inéditas e outras paragens, celebrando os 65 anos da Cia e a direção de Camila Mota, primeira mulher a dirigir um espetáculo do Oficina, abrindo caminhos para outras direções, como de Marília Piraju e Mayara Baptista, em ritos e shows encenados. Com 100 pessoas na ficha técnica girando a máquina dessa uzyna, “mutação de apoteose” é um espetáculo musical em 2 atos, um acontecimento feiticeiro que opera o terreyro eletrônico na sua máxima potência, desejando acender estados de mutação de apoteose dentro e fora de nós.

de 12/04/2024 a 09/06/2024150 minà partir de R$ 45Em cartaz
  • Sexta20h
  • Sábado20h
  • Domingo18h
Teatro Oficina Uzyna Uzona

Inf Busca Peças

Data
Preço

Este website armazena cookies no seu computador. Esses cookies são usados para melhorar sua experiência no site e fornecer serviços personalizados para você, tanto no website, quanto em outras mídias. Para saber mais sobre os cookies que usamos, consulte nossa Política de Privacidade

Não rastrearemos suas informações quando você visitar nosso site, porém, para cumprir suas preferências, precisaremos usar apenas um pequeno cookie, para que você não seja solicitado a tomar essa decisão novamente.