Você está na cidade de:

PLSTC – AÇÃO CÊNICA PARA ADIAR O FIM DO MUNDO

Com ingressos gratuitos, espetáculo PLSTC debate feminismo e meio ambiente

Solo de Nicole D’Fiori com direção de Pedro das Oliveiras, da Cia Mungunzá de Teatro, é resultado de uma extensa pesquisa sobre lixo, consumo, obsolescência e plástico. Em cena, a atriz transita por diferentes linguagens artísticas, como performance, dança, canto e encenação, além de executar a operação técnica de luz, som e vídeo. No espetáculo, Nicole D’Fiori entra em cena somente com uma caixa enquanto no cenário há somente as mesas de som e luz. Com o desenrolar da peça, a atriz monta quatros manequins que compõem uma vitrine do fim do mundo e elabora sua angústia com relação à catástrofe ambiental, o acúmulo de lixo no planeta, racismo ambiental, ingestão involuntária de microplástico, obsolescência das espécies e necessidade de transição energética. “PLSTC – AÇÃO CÊNICA PARA ADIAR O FIM DO MUNDO se norteia no ecofeminismo como solução para mudança de comportamento individual e coletivo. A ideia é expandir a visão de natureza para além do olhar cultural da mãe provedora de recursos, contrapondo a estrutura da visão patriarcal em que estamos inseridos na busca de uma sociedade mais consciente, igualitária, sustentável e justa com o nosso planeta”, aposta Nicole D’Fiori.

Ficha Técnica:

Criação, Argumento e Performance – Nicole D’ Fiori.
Direção Artística – Pedro das Oliveiras.
Dramaturgia – Rafael Presto.
Direção de Movimento – Cris Rocha.
Criação de Atmosferas Sonoras e Mixagem da Trilha Sonora Original – Paloma Dantas.
Direção Musical e Composição da Trilha Sonora Original – Felipe Chacon.
Gravação Piano e Backing-Vocals – Rodrigo Zanettini.
Preparação Vocal – Renato Barbosa.
Concepção de Cenografia – Pedro das Oliveiras.
Direção de Arte (Cenário, Figurino e Identidade Visual) – Leo Akio.
Projeto Audiovisual e Clipes – Lana Scott.
Animações – Steve Cutts.
Desenho de Luz – Pedro das Oliveiras.
Intérprete de Libras – Nara Oliveira.
Direção de Produção/ Produção Executiva – Vudu Arte.
Assessoria de Imprensa – Nossa Senhora da Pauta.
Fotografia – Matheus José Maria.
Parceiros – Eco Teatral e Cia Mungunzá de Teatro.
Realização – Secretaria Municipal de Cultura – Prefeitura de São Paulo.

Detalhes da peça

Status

Encerrada

Temporada

De 09/03/2024 até 18/03/2024

Dias

  • Segunda19h
  • Sábado19h
  • Domingo19h

Duração

60 minutos

Valor

Pague quanto puder

Região

Zona Leste / São Paulo

Teatro / Espaço

Teatro de Contêiner Mungunzá
R. dos Gusmões, 43, Santa Ifigênia, São Paulo/SP - 01212000

Estacionamento

Cafeteria

Sim

E-mail

teatrodeconteinermungunza@gmail.com

10

Classificação indicativa

Não apropriado para menores de 10 anos

Galeria de fotos
Fotos por Matheus José Maria
Compartilhar em

Você pode se interessar

LEMBRANÇAS BOAS DEMAIS PARA ESQUECER, PORÉM RUINS DEMAIS PARA SEREM LEMBRADAS

Um garoto, em seu último dia na locadora em que trabalha, tem a difícil tarefa de escolher apenas um filme de lá para levar com ele. Nesse mergulho saudosista e nostálgico, acompanhamos as várias histórias e memórias desse personagem que aprende a rebobinar seu caminho até ali.

de 02/04/2024 a 30/04/202450 minà partir de R$ 35Em cartaz
  • Terça
EPC - Espaço de Provocação Cultural

FRIDA KAHLO – A DEUSA TEHUANA

O monólogo concebido a partir do diário, das cartas e dos poemas escrito pela pintora mexicana, revela uma Frida Kahlo ao avesso, que poucos conhecem. A peça abre com o prólogo de Dolores Olmedo Patinõ, uma mulher excêntrica, responsável por difundir a obra de Frida Kahlo e Diego Rivera. Dolores e Frida, duas mulheres apaixonadas pelo mesmo Homem. Uma colecionadora de arte, a outra, a expressão da própria arte. O amor é o tema central, o amor de Frida, de Dolores, de Diego, daquilo que nos move: o amor pela vida.

de 29/02/2024 a 26/04/202460 minà partir de R$ 60Em cartaz
  • Quinta20h20h
  • Sexta20h20h
  • Quinta20h20h
  • Sexta20h20h
Teatro Itália Bandeirantes

VÉSPERA

Após ser declarada morta, afogada em um rio, Ofélia retorna à cena de seu suposto suicídio para reconstituir a verdade sobre sua morte. Sozinha pela primeira vez em muito tempo, ela invade um teatro interditado e revela detalhes íntimos de sua vida. Misturando sonho e realidade, Ofélia reescreve sua história e altera o desfecho de uma grande tragédia.

de 12/04/2024 a 28/04/202470 minGratuitoEm cartaz
  • Sexta20h
  • Sábado20h
  • Domingo18h
Teatro Arthur Azevedo

Inf Busca Peças

Data
Preço

Este website armazena cookies no seu computador. Esses cookies são usados para melhorar sua experiência no site e fornecer serviços personalizados para você, tanto no website, quanto em outras mídias. Para saber mais sobre os cookies que usamos, consulte nossa Política de Privacidade

Não rastrearemos suas informações quando você visitar nosso site, porém, para cumprir suas preferências, precisaremos usar apenas um pequeno cookie, para que você não seja solicitado a tomar essa decisão novamente.